domingo, 19 de setembro de 2021 - 02:39 h

TEMPO REAL

 

Capa / Intervenção no Rio / Temer assina MP que destina R$ 1,2 bilhão para intervenção no Rio

Temer assina MP que destina R$ 1,2 bilhão para intervenção no Rio

Matéria publicada em 27 de março de 2018, 17:33 horas

 


Dinheiro será usado para financiar ações da intervenção na segurança

Dinheiro será usado para financiar ações da intervenção na segurança


Rio –
O presidente Michel Temer assinou nesta terça-feira (27) medida provisória que destina R$ 1,2 bilhão para as ações de intervenção federal na segurança pública do Rio de Janeiro. A medida deve ser publicada na edição de amanhã do Diário Oficial da União.

No Twitter, o presidente informou que assinou a medida provisória e registrou que “vamos vencer essa batalha contra o crime organizado”. O valor previsto inicialmente pelo governo era R$ 1 bilhão.

No último dia 21, Temer confirmou a liberação do recurso para a intervenção federal e disse que, se necessário, seriam destinadas mais verbas para as ações no Rio de Janeiro.

A intervenção foi anunciada por Temer em fevereiro e, ao assinar o decreto, o presidente disse que se trata de uma “medida extrema”, mas necessária para combater o crime organizado. A previsão é que a medida dure até o dia 31 de dezembro deste ano.

O comandante militar do Leste, General Walter Braga Netto, foi nomeado por Temer interventor para a área de segurança pública no Rio de Janeiro. A intervenção federal transfere o comando das forças de segurança pública do estado, incluindo o sistema prisional, para Braga Netto.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

4 comentários

  1. Esse dinheiro vai cair na conta do estado e o pezão vai roubar tudo

  2. Por que ele não fez isso antes da intervenção? Ele não viu que os nossos agentes estavam sem gasolina para colocar nos carros? Ele não viu os agentes pedindo a empresários gasolina antes do carnaval?

    • Primeiro ele quis fazer marketing político para tentar tirar votos do candidato da Bancada da Bala e só depois ele foi ver como bancar a intervenção. Por essas e outras o interventor não queria esse abacaxi.

  3. Tá demorando os resultados dessa intervenção né.

Untitled Document