>
domingo, 14 de agosto de 2022 - 10:37 h

TEMPO REAL

 

Capa / Região / Tenista de 15 anos que treina em Volta Redonda disputa seu primeiro torneio profissional

Tenista de 15 anos que treina em Volta Redonda disputa seu primeiro torneio profissional

Matéria publicada em 22 de abril de 2022, 16:20 horas

 


Atleta que é natural de Jundiaí, no interior de São Paulo, é um exemplo de dedicação ao esporte

Segundo o pai e treinador da atleta, a participação de Sthefany neste torneio está sendo muito importante para ela – Foto: Divulgação.

Piracicaba- Há um ano treinando no clube dos Funcionários, em Volta Redonda, a jovem Sthefany de Lima, de apenas 15 anos, tem tudo para ser uma grande promessa no tênis profissional.

De acordo com Marcelo dos Santos Barroso Filho, subdiretor de tênis do clube dos funcionários e que ajuda a atleta nos treinamentos junto com a equipe de seu pai e treinador Emerson José de Lima, Sthefany que é natural de Jundiaí, no interior de São Paulo, é um exemplo de dedicação ao esporte.

Segundo Marcelo, a participação da atleta de Jundiaí no início das disputas na chave principal da Copa Feminina de Tênis, realizada esta semana nas quadras de saibro do clube Cristóvão Colombo, em Piracicaba, está sendo incrível.

De acordo com o subdiretor de tênis, a jovem recebeu um convite da organização (Wild card) para sua primeira participação em um torneio profissional na chave principal, e na primeira rodada, terça-feira, 19, ela eliminou a cabeça de chave 4 do torneio, uma estrangeira Tcheca.

Na opinião do pai da atleta, o treinador Emerson José de Lima, a participação de Sthefany neste torneio está sendo muito importante para a atleta.

“Como é um torneio profissional, seu primeiro, é muito importante para ela estar convivendo com as profissionais, amadurecendo e ganhando experiências afim de ganhar mais partidas e pontos no ranking profissional de tênis (wta), apesar de ela já ter conseguido seu primeiro ponto, com 15 anos e eliminando a cabeça 4 na chave principal. O objetivo agora é cada vez mais somar pontos vencendo partidas no profissional, o que consequentemente subirá no ranking”, disse o pai orgulhoso.

O Subdiretor de tênis dos funcionários disse que a Sthefany escolheu treinar em Volta Redonda porque o seu pai e treinador veio para Volta Redonda treinar os atletas de competição do clube, assim, a Sthefany o acompanhou e há um ano treina diariamente com toda a estrutura que o clube dos Funcionários oferece.

Segundo o pai da atleta, que é treinador de tênis há 30 anos, a sua filha pratica tênis desde os 4 anos.

Entre as principais dificuldades enfrentadas por ela no início de sua carreira, a principal é quanto aos recursos financeiros para a participação dos torneios com mais tranquilidade.

O pai da atleta destaca que a sua filha que atualmente é a 647ª do ranking juvenil, chegou a fazer rifas no ano passado para financiar a carreira.

O pai de Sthefany que é ex-treinador de tenistas como Thomaz Bellucci, Rogério Dutra Silva e Thiago Alves disse que a filha está em uma fase muito boa.

“Ela veio de uma sequência boa de jogos no juvenil, em que quase conquistou a vitória para ir para o torneio de Roland Garros. A Sthefany disse que essa campanha a tinha deixado mais confiante e que iria aproveitar ao máximo a campanha aqui. Fico muito feliz com o resultado”, declarou o pai Emerson.

 

 

 

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document