>
domingo, 14 de agosto de 2022 - 03:01 h

TEMPO REAL

 

Capa / Olimpíadas 2016 / Thiago Pereira fica em sétimo lugar na final

Thiago Pereira fica em sétimo lugar na final

Matéria publicada em 11 de agosto de 2016, 23:25 horas

 


Thiago é esperança de medalha para o Brasil

Thiago Pereira foi bem no início da prova mas medalha escapou

Rio – O nadador voltarredondense Thiago Pereira foi apenas o sétimo colocado na final dos 200m Medley, disputada no Estádio Aquático Olímpico, na Barra da Tijuca, na noite desta quinta-feira. No que deve ser sua despedida de jogos olímpicos como atleta, Thiago viu Michael Phelps brilhar e ficar com o ouro ao fazer a marca de 1:54s66. A prata ficou com o japonês Kasuke Hagino, com 1:56s61 e o bronze com o chinês Shun Wang, que fez 1:57s05.

Ao final da prova, mesmo desapontado Thiago fez questão de agradecer o apoio dos torcedores. O nadador foi ovacionado e recebeu apoio durante todo o tempo.

– É decepcionante olhar no placar e ver que a medalha escapou em um tempo totalmente possível de ser feito. Diversas vezes nadei para 1:56 e hoje não deu. O Cara lá de cima sabe o que faz – disse o nadador, que emendou agradecendo o apoio das arquibancadas:

– Esse apoio não tem preço, é maior que qualquer medalha – disse ele, que ganhou a prata nos Jogos de Londres em 2012 e sabe bem o valor do pódio.

Thiago também descartou a possibilidade de nadar um revezamento e confirmou que esta deve ser sua última prova olímpica. “Não devo nadar, já estava acertado que só competiria nesta (200m Medley)”, finalizou.

Thiago liderou a prova na primeira virada, no nado borboleta, e ficou em segundo no nado costas. Manteve a posição ao final do nado peito, mas foi ficando para trás no nado livre e ficou com sétimo lugar.
Tom de despedida

Já na madrugada desta quinta-feira, o nadador publicou em seu Facebook um texto agradecendo a Michael Phelps e Ryan Lochte, com quem vem disputando provas desde 2003.

“Tem sido uma longa jornada com vocês dois, 13 anos competindo juntos, quatro finais olímpicas juntos. Amanhã vai ser nosso último encontro pra mim, uma honra ter competido todo esse tempo com vocês. Os únicos 3 que sobraram desde 2004”, afirma o brasileiro.

Para a final desta quinta-feira, Phelps conseguiu o melhor tempo da classificatória, com 1min55s78. Lochte obteve a segunda melhor marca, cravando 1min56s28 e Thiago Pereira foi o terceiro melhor, com 1min57s11.

Tanto em Atenas, quanto em Pequim 2008 e Londres 2012, o gigante Phelps levou a medalha de ouro. Lochte, por sua vez, foi prata na Grécia e na Inglaterra e bronze na China. Com o resultado obtido no Rio, o Mito das Piscinas passa a ser o único tetracampeão em uma prova individual da natação.

Prata em Londres nos 400m medley, Thiago foi campeão mundial da prova dos 200m no Mundial de piscina curta de 2004, além de ter conquistado a prata no Mundial de Kazan, em 2015, e o bronze em Barcelona 2013. Além disso, é o maior medalhista dos Jogos Pan-Americanos de toda a história.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

4 comentários

  1. O QUE FALTA AO ATLETA BRASILEIRO É VONTADE DE GANHAR RAÇA,ATLETAS DE PONTA DO BRASIL TREINAN FORA MAS O PRINCIAPAL NÃO TEM QUE É VONTADE DE GANHAR RAÇA,OLHA O NADADOR PHELPS PAROU FUMOU TUA MACONHA E VOLTOU COM 31 ANOS TÁ VOANDO NA PISCINA ISTO É RAÇA VONTADE DE GANHAR E GENÉTICA TAMBÉM.

  2. O QUE FALTA AO ATLETA BRASILEIRO É RESISTENCIA NAS PROVAS ,ELES TREINAN LÁ FORA A MAIORIAS DOS ATLETAS DE PONTA E CHEGA NA HORAS DE DECIDIR ELES CANSAM,ENTÃO PRÁ MIM A GENÉTICA DO ATLETAS BRASILEIROS NÃO AGUENTA IR ATÉ LIMITE O FINAL,MESMO ASSIM PARABÉNS A TODOS QUE CHEGARAM ATÉ AQUI NAS OLIMPIADAS.

  3. Amarelou !!! Nem um pouco humilde, não olha pra camera e não menciona Deus como deve ser mencionado, por isso que se ferrou, sempre foi marrento !!! Gostaria que ele tivesse ganho uma medalha mas perdi meu tempo em torcer.

  4. Cara lá de cima? Que papo é esse? Seu amarelão…

Untitled Document