quarta-feira, 13 de novembro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Região / Três são baleados em tiroteio que durou três horas e voltou a fechar a Rio-Santos

Três são baleados em tiroteio que durou três horas e voltou a fechar a Rio-Santos

Matéria publicada em 9 de maio de 2019, 11:32 horas

 


Alunos e passageiros de ônibus ficaram apavoradores e deitaram temendo serem atingidos por bala perdida

 

 

Passageiros entram em pânico e ficam deitados em ônibus (Redes Sociais)

Angra dos Reis – Três pessoas ficaram feridas durante troca de tiros por volta das 9h de hoje, quinta-feira (9), entre bandidos de fações rivais no bairro Sapinhatuba I, em Angra dos Reis. Os baleados são dois funcionários de uma drogaria e um homem que, na tentava de sair da linha de fogo, ao correr, foi atropelado por um veículo. As vítimas foram levadas para o Hospital Geral da Japuíba. Este é o quinto tiroteio em menos de uma semana e durou pelo menos três horas.

Os funcionários  da drogaria estavam em um carro, na Rodovia Rio-Santos, onde foram atingidos pelos disparos.  Os dois foram identificados como Diogo Augusto Teixeira, de 27 anos, e Luiz Antônio Alves, de 52.  A terceira vítima, um homem de 27 anos,  que além de ser baleado,  também foi  atropelado. Ele foi submetido a uma cirurgia.

O tiroteio provocou pânico na localidade. Alunos da Escola Municipal Antônio Joaquim de Oliveira se jogaram no chão por medo de balas perdidas. A diretoria da unidade de ensino enviou mensagens para os pais de alunos, através de WhatsApp, pedindo para que não busquem os filhos até que a situação se normalize.

PM fecha a Rio-Santos na hora do tiroteio para proteger motoristas (Redes Sociais)

O pânico também tomou conta dos passageiros que estavam em um ônibus que trafegava pela Rodovia Rio-Santos, Km 483. Eles ficaram na linha de fogo e, por isso, tiveram que se abaixar no veículo para se protegerem.  A estrada passa entre o morro onde fica o Sapinhatuba e a Praia do Jardim, no Centro. Motoristas manobraram para tentar voltarem no sentido contrário. Policiais militares interditaram o trecho nos dois sentidos. A intenção foi evitar que outras pessoas fossem baleadas.

Policiais militares informaram que foram três horas ininterruptas de tiroteio.  O tráfego foi liberado por volta das 12h30, após o cessar fogo no Sapinhatuba I.

Mais

A onda de tiros no Sapinhatuba e demais localidades vizinhas teve início no sábado (4). Na segunda-feira (6), outro intenso tiroteio foi registrado na mesma localidade entre integrantes da facção Comando Vermelho (CV) que invadiram o bairro na intenção de expulsar traficantes rivais do Terceiro Comando Puro (TCP).

Devido a troca de tiros, agentes do Core (Coordenadoria de Recursos Especiais), do Departamento Geral de Polícia do Interior, e policiais militares realizavam no dia seguinte, uma operação nos bairros Sapinhatuba, Belém, Areal e Camorim Grande.

A ação teve como objetivo o cumprimento de mandados de prisão, além de checar denúncias de localização de um cemitério clandestino e mapeamento da região. Os agentes cumpriram sete mandados de prisão e recuperaram três veículos roubados.

O delegado Celso Castelo, titular da 166 DP, durante a operação foram colhidas provas que vão auxiliar os inquéritos que apuram o tráfico de drogas na região. Ainda segundo o delegado, as informações levaram também a realização de uma prisão em flagrante pelo crime de receptação dolosa.

 

 

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

12 comentários

  1. Avatar

    Deixa os garotos brinca!

    • Avatar

      Morador VR … Comentário infeliz, com erro de português. Você já ouviu falar no verbo “brincar” ?

  2. Avatar

    Gente, isso sim é uma afronta ao Estado. O juiz vai ao município diz que acabou e aí a galera afronta, ele deveria se pronunciar

  3. Avatar
    Por dentro do assunto

    Faz arminha com a mão que passa….kkkkk….
    Presidente fanfarrão…..governador fanfarrão……e o prefeito nem se fala….

    • Avatar
      Carlos Vieira Machado

      Mais fanfarrão e você, alias não é fanfarrão é sim um alienado politico, ou melhor uma avestruz que enfia a cabeça no buraco e não sabe de nada e não ve nada. Vai pra Cuba. Por isto o brasil ta nesta merda, como uma pessoa como voce.

    • Avatar

      Carlos vieira machado, para de ser burro e ignorante! Para de proteger seu presidente que até agora não fez nada pelo país, a não ser as merdas que vem fazendo.. Ou você não o acompanha??
      Para com esses discursos prontos mandando as pessoas irem pra Cuba. É por causa de pessoas como você que o país não vai pra frente seu animal!!!!

  4. Avatar

    O governador fez uma média para o Brasil dizendo que tinha acabado com a bandidagem em Angra e nada mudou. Sr. Governador, quem manda em Angra atualmente são os bandidos e o estado não tem feito praticamente nada para inibir esses bandidos. Cumpra mais uma mentira que o Sr. Prometeu.

  5. Avatar

    Cadê o governador juiz? Cadê o prefeito de Angra? Eles ainda acham que usar a força é o melhor meio de combater o tráfico? Estão torrando dos meus e nossos ALTÍSSIMOS IMPOSTOS, no entanto, continuamos levando tiros dos bandidos.

    Pelo jeito, pela estratégia equivocada deles vamos gastar todo o orçamento público para combater os bandidos.

    E eu já perdi a conta se é Angra ou BM passou na frente de VR na corrida para ver qual cidade levará o troféu da criminalidade no mês de maio.

    • Avatar

      Deixa os garotos brinca!

    • Avatar

      Quem gosta de brincar é o governador juiz e o prefeito de Angra. Vc viu eles dando rasante de helicóptero e DISPARANDO TIROS DE METRALHADORA num tenda azul no meio do gramado no alto do morro? Eles acham que os traficantes ficam em alvo aberto a vista de todos e longe do usuários.

      VAI VENDO Aí o que dá votar em candidatos que NÃO CONHECEM a Administração Pública e NÃO ENTENDEM de Gestão Pública.
      Por serem amantes dos jogos eletrônicos desde crianças, uma vez no cargo público, utilizam uma aeronave e metralhadora verdadeira, para brincar com um alvo tbm verdadeiro. kkkk

    • Avatar

      Chegou o Einstein do Sul Fluminense…

      Aquele que lê a conclusão de 3 parágrafos de um estudo de 274 páginas, e se acha apto a tecer comentários.

      Mal sabe a diferença entre ofício e memorando, mas se acha no direito de tutelar a escolha alheia.

      VAI VENDO aí o que dá aceitar receber 15 reais por dia para torcer contra o governo nos comentários do jornal.

Untitled Document