Trump expulsa diplomatas da Rússia dos Estados Unido - Diário do Vale
segunda-feira, 27 de setembro de 2021 - 04:54 h

TEMPO REAL

 

Capa / Internacional / Trump expulsa diplomatas da Rússia dos Estados Unido

Trump expulsa diplomatas da Rússia dos Estados Unido

Matéria publicada em 26 de março de 2018, 14:19 horas

 


Trump toma medida polêmica em relação a suposto envenenamento de espião na Inglaterra

Trump toma medida polêmica em relação a suposto envenenamento de espião na Inglaterra


Washington –
O presidente Donald Trump assinou nesta segunda-feira (26) uma ordem de expulsão de 60 funcionários de inteligência e diplomatas russos em retaliação ao envenenamento de um ex-expião russo na Inglaterra.  Os oficiais expulsos estavam à serviço da Rússia em Nova York e na capital Washington. A ordem também determina o fechamento de um consulado russo, na cidade de Seattle, estado de Washington, no noroeste do país.

A missão russa na sede das Nações Unidas em Nova York teve 12 diplomatas expulsos, e 48 representantes diplomáticos da embaixada russa em Washington fazem parte da lista de expulsões.

O governo norte-americano justificou que os nomes constantes na lista são de pessoas que trabalham a serviço de operações secretas de inteligência da Rússia, que “minam a segurança nacional dos Estados Unidos”.

Funcionários da secretaria de Estado norte-americana, ouvidos por veículos locais, como Washington Post e CNN, afirmaram que o consulado em Seattle teria recebido a ordem de fechamento porque o governo Trump acredita que o local funcionava como um “centro de inteligência russo”.

Diplomatas entrevistados em anonimato afirmaram que as expulsões são uma resposta “adequada” do governo norte-americano ao envenenamento do ex-espião, Sergei Skripal, e  de sua filha Yulia.

Os Estados Unidos seguiram o mesmo padrão de alguns países europeus que já haviam ordenado expulsões do corpo diplomático por causa do incidente na Grã-Bretanha.

A expulsão dos 60 diplomatas é a maior desde 1986, quando o então presidente republicano Ronald Reagan expulsou 55 diplomatas da Rússia.

Antes de terminar o mandato, o ex-presidente Barack Obama havia expulsado 35 funcionários da Rússia, após acusar o governo russo de interferência nas eleições norte-americanas, para prejudicar a campanha democrata de Hillary Clinton.

As denúncias de interferência russa que teriam favorecido Donald Trump ainda não foram esclarecidas.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Um comentário

  1. Meu nome é Zé Pequeno!

    Meu Deus! Fiquei abismado com tantos erros de Português nas matérias jornalísticas desta edição.
    Um veículo de comunicação deve zelar pela língua pátria para ter credibilidade, mas isto não vêm ocorrendo ultimamente no DV.

Untitled Document