segunda-feira, 19 de novembro de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Eleições 2018 / TSE manda suspender propaganda sugerindo que Bolsonaro iria perseguir opositores

TSE manda suspender propaganda sugerindo que Bolsonaro iria perseguir opositores

Matéria publicada em 20 de outubro de 2018, 17:17 horas

 


Brasília – O ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Luís Felipe Salomão acaba de determinar a suspensão da transmissão de propaganda eleitoral da Coligação O Povo Feliz de Novo (PT/PCdoB/PROS), veiculada na televisão, nos dias 16 e 17 de outubro, que incita medo na população ao sugerir que se o candidato Jair Bolsonaro for eleito vai perseguir e torturar eventuais opositores políticos

O ministro decidiu que a peça publicitária impugnada ultrapassou os limites da razoabilidade e infringiu a legislação eleitoral. “A distopia simulada na propaganda, considerando o cenário conflituoso de polarização e extremismos observado no momento político atual, pode criar, na opinião pública, estados passionais com potencial para incitar comportamentos violentos”, disse.

Segundo o ministro, a peça televisiva tem mesmo potencial para “criar, artificialmente, na opinião pública, estados mentais, emocionais ou passionais”.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

2 comentários

  1. se for a campanha que mostra pessoas torturadas pelo GENERAL USTRA, não vejo porque tirar pois Bolsonaro disse que é a favor da tortura e também vangloriou esse torturador. Isso só mostra a realidade e não incentiva nada.

  2. Mas é isso que ele tem que fazer. Acabar com o comunismo no Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document