segunda-feira, 19 de outubro de 2020 - 12:42 h

TEMPO REAL

 

Capa / Região / Turista da República Tcheca desaparece na Ilha Grande

Turista da República Tcheca desaparece na Ilha Grande

Matéria publicada em 24 de março de 2017, 18:29 horas

 


Vítima é funcionário do Ministério da Defesa daquele país

Angra dos Reis – Bombeiros reiniciaram nesta sexta-feira (24)as buscas na tentativa de encontrar o turista da República Tcheca, Vilem Hanus, de 34 anos. O delegado titular da 166ª DP, Bruno Gilaberte, disse que o turista está desaparecido desde a última terça-feira, mas que o desaparecimento dele só foi comunicado na quarta-feira à delegacia.

Gilaberte disse que foi informado de que Vilem  seria representante do Ministério da Defesa da República Theca e que ele desapareceu quando fazia uma trilha em direção ao Pico do Papagaio, na Ilha Grande.

– Foi informado que Vilem estava caminhando sozinho pela trilha quando desapareceu. Ele estava hospedado num hostel e chegou desacompanhado na Ilha Grande – disse Gilaberte, acrescentando que mandou registrar o depoimento de testemunhas, como o dono da pousada e moradores.

O policial determinou que fosse feito um boletim de ocorrência sobre o desaparecimento do turista e que anexou no procedimento o passaporte de Vilem. Participam ainda das buscas a Polícia Militar, agentes do Socorro Florestal do Meio Ambiente e do Instituto Estadual do Ambiente (Inea).

Um helicóptero do Corpo de Bombeiros também estava sendo utilizado nas buscas que estava sendo acompanhada pelo Consulado da República Tcheca e por um representante do Mistério da Defesa daquele país.

O Pico do Papagaio com 982 metros de altitude é o segundo ponto mais alto de Ilha Grande, abaixo apenas do Pico da Pedra d´Água com 1.035 metros. Do seu topo tem-se uma visão panorâmica (com cerca de 300º graus de ângulo aberto) de quase toda a Ilha Grande, do continente desde Angra dos Reis até a Restinga da Marambaia. Se o tempo estiver bem aberto, sem nebulosidade, é possível avistar a Pedra da Gávea, na Zona Sul da cidade do Rio de Janeiro.

A trilha do Pico do Papagaio é a mais difícil de toda a Ilha Grande, em mata fechada com terreno de grande inclinação, não há visão para o céu. O terreno possui variações no solo com trechos pedregosos e varias árvores atravessadas na trilha. O tempo do percurso é de 2 a 3 horas só de ida.

 Vilem Hanus, de 34 anos, desapareceu quando fazia trilha na Ilha Grande (foto: Reprodução de documento) .

Vilem Hanus, de 34 anos, desapareceu quando fazia trilha na Ilha Grande (foto: Reprodução de documento) .

 

 

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

2 comentários

  1. Avatar

    A sorte tava do lado dele, caso contrario nunca iam ouvir noticias dele….

  2. Avatar

    Ilha grande teme muito bandido escondidos naqueles matos ! Esqueceram do casal de turista que foram assasltaAssaltados e esfaquiados lá e a moça veio perder a vida ? Com certeza ele foi pego por algum desses que vive por lá naqueles matos só esperando uma presa façil aparecer ! O que eu mas fico indiguinada e que a policia da ilha grande nada descobre e já teve foi varias mortes lá ai roubam matam e joga no mar e ninguém faz nada ,já passou da hora de pegarem os bandidos que estão por todo lado naqueles matos .

Untitled Document