terça-feira, 7 de dezembro de 2021 - 11:54 h

TEMPO REAL

 

Capa / Lazer / Um Natal com requinte e perto da natureza

Um Natal com requinte e perto da natureza

Matéria publicada em 8 de dezembro de 2018, 09:00 horas

 


Bosque da Lua Gastrobar prepara festa natalina e moradores do Laranjal, onde casa funciona, destacam serviço diferenciado

Espaço conta com sistema que controla os dados audiométricos, dessa forma facilita a consulta dos níveis sonoros autorizados – Foto: Divulgação

Para quem gosta de curtir um Natal diferente, com requinte e perto da natureza pode optar pelo Bosque da Lua Gastrobar, que fica no bairro Laranjal. O local terá uma programação especial, que começa no dia 24 a partir das 23h50min, e já está com os convites à venda no próprio espaço e em outros pontos do município. Para essa noite algumas atrações já estão confirmadas, como Ryon Sax, Figurótico, Arnaldo Jr. feat Victor Yuri e o DJ Felipe Costa.
No dia a dia, a casa também é uma opção para os apreciadores de bom um cardápio, sob o comando do chef Tássio Carvalho e drinks contemporâneos. E mais: o Bosque é palco diversos eventos, com música ao vivo.
O engenheiro Décio Campos, que mora no Laranjal há quase 40 anos, é frequentador do bar e afirma que é um ótimo lugar para jantar e encontrar amigos.
– O bar tem um chef renomado. Sem contar que posso ir a pé – resume.
Morador da Rua 105, que fica em frente ao bar. O engenheiro ressalta que o som das bandas que fazem show no bar não chega até sua casa e não o incomoda.
– Isso de barulho é lenda. Sem contar que não é todo dia que tem música ao vivo – completa Décio, ressaltando que o movimento de carros aumenta nas ruas do bairro em virtudes dos eventos, mas isso não é culpa dos donos: “Fica movimentado, mas não atrapalha em nada. A rua é local público”, destaca.
O desembargador Antônio Carlos Bittencourt faz coro às declarações do engenheiro.
– O bar é ótimo, um dos mais bonitos de Volta Redonda. Não tenho nada a reclamar. A rua fica com movimento maior de carros, é claro, mas é ambiente público. A segurança fora dos portões do Bosque não é de responsabilidade dos proprietários – afirma Bittencourt, também morador do Laranjal há 20 anos. A casa onde mora com a família fica na Rua 108 e, segundo ele, não chega barulho de som quando os shows são realizados.
Carlos Augusto Barenco, que tem uma casa na Rua 100, no bairro, é outro que diz não ser incomodado por barulho de música.
– Não ouço nada da minha casa. Quanto ao movimento de veículos, não inviabiliza em nada o deslocamento dos moradores – ressalta Barenco, que foi para o Laranjal com a família há cerca de oito anos.

Monitoramento online

O Bosque possui um moderno aparelho de medição, com um sistema controla os dados audiométricos em tempo real, permitindo a supervisão dos níveis sonoros autorizados.  Além disso, o equipamento – usado em capitais como Porto Alegre e Belo Horizonte – armazena os dados para que as autoridades possam fazer a consulta. Ele gera relatórios diários, semanais e mensais, com o histórico de monitoramento, tanto em gráfico quanto em planilha.
Ou seja, impede os volumes fora dos padrões permitidos por lei, segundo explica um dos proprietários Igor Freitas. O aparelho foi instalado pela empresa Net Audio Control. Em Volta Redonda, segundo a empresa, somente o Bosque tem o aparelho de medição.

Início do projeto

Em agosto, o Bosque da Lua Gastrobar completou 10 anos. A proposta inicial era de restaurante, mas depois de uma reestruturação, em 2015, surgiu o “Gastrobar”.
– Quem montou o Bosque da Lua foi minha família que ainda é proprietária – meus pais Oswaldo Nascimento e Jussara Freitas, eu e meu irmão Diogo Freitas. Em 2015, eu já estava à frente das atividades e recebi algumas propostas de parceria de Francisco Dutra, Tássio Carvalho e Daniel Carraro, meus parceiros hoje no projeto Gastrobar – lembra Igor Freitas.
A renovação no conceito fez com que o espaço, segundo Igor, ganhasse mais charme e sabor a partir das propostas gastronômicas do chef Tássio Carvalho.
– Essa mudança trouxe um novo conceito para a cidade, muitas ideias foram surgindo com essa parceria – explica Igor. Ressaltando que o “Natal do Bosque” virou um evento tradicional na região e “dá um enorme prazer em produzir”.
Igor completa ainda, que além das festas realizadas pela direção da casa, o Bosque é procurado por muitos clientes para a realização de eventos diversos.
– Temos um público muito fidelizado, prova disso é que sempre que eles precisam de um espaço para realização de workshops, aniversários, encontros familiares e de turmas. Nós estamos recebendo também casamentos – finaliza.

Serviço:

O Bosque da Lua Gastrobar oferece uma carta de drinks sofisticados, cervejas tradicionais e artesanais, cardápio diferenciado oferecendo o melhor das cozinhas internacionais em um menu jamais visto em Volta Redonda.
O funcionamento é de terça a sexta-feira, a partir das 18h; sábado, a partir das 19h; e domingo, a partir de 12h. Para mais informações e reservas (24) 3348-9972 / (21) 99312-6886 / (24) 99966-6941, http://www.bosquedalua.com.br.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document