Vacinação em VR contra Covid-19 nesta segunda-feira atinge moradores de 33 e 34 anos - Diário do Vale
terça-feira, 21 de setembro de 2021 - 22:31 h

TEMPO REAL

 

Capa / Região / Vacinação em VR contra Covid-19 nesta segunda-feira atinge moradores de 33 e 34 anos

Vacinação em VR contra Covid-19 nesta segunda-feira atinge moradores de 33 e 34 anos

Matéria publicada em 31 de julho de 2021, 11:37 horas

 


Primeira dose será aplicada em drive-thru na Ilha São João e segunda dose nas Unidades de Saúde

O público-alvo para primeira dose nesta nova fase da campanha será formado por moradores da cidade que tenham 33 e 34 anos (completos).- Foto: Geraldo Gonçalves(PMVR)

Volta Redonda- Com a confirmação da chegada de novas remessas de vacinas contra a Covid-19, para este sábado, a Prefeitura de Volta Redonda, através da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), retoma a aplicação de primeiras doses no município já nesta segunda-feira, dia 02.

Segundo a secretaria de saúde, o público-alvo para primeira dose nesta nova fase da campanha será formado por moradores da cidade que tenham 33 e 34 anos (completos).

Nesta etapa, por conta ainda dá pouca quantidade de doses que chegarão, não haverá repescagem para idades acima. No entanto, a Prefeitura confirma que haverá uma nova etapa para quem não conseguiu se vacinar. Isso vai acontecer assim que novas remessas chegarem. A previsão é que em agosto o Ministério da Saúde possa acelerar o envio de doses aos estados e municípios.

A primeira dose será aplicada no sistema drive-thru de vacinação na Ilha São João, de 08h às 16h. É necessário apresentar um documento de identidade, comprovante de residência, CPF ou cartão do SUS. Assim como nas edições anteriores, o drive terá área para pedestres que tiverem disponibilidade de ir até o local.

A secretaria de Saúde reforça que nesta edição do drive não haverá repescagem. As pessoas de 35 a 39 anos que perderam o dia de vacinação serão informadas nos canais oficiais da Prefeitura de Volta Redonda, em breve, sobre nova data de aplicação de primeira dose.

Segundas doses nas Unidades de Saúde

De acordo com a secretaria de Saúde, a aplicação de segundas doses será feita nas Unidades de Saúde (UBS e UBSF), de 08h às 16h. Também é necessário apresentar no ato da imunização o cartão de vacinação Covid.

Vacinados com a primeira dose da AstraZeneca (Oxford) até 11/05/2021 devem procurar as seguintes Unidades para a segunda dose: Siderlândia, Conforto, Retiro II, Vila Mury, Volta Grande, Santa Cruz, São Geraldo e Jardim Paraíba.

Os vacinados com a primeira dose da CoronaVac até 02/07/2021 podem procurar qualquer uma das 46 Unidades de Saúde para receber a segunda dose.

A Prefeitura de Volta Redonda foi uma das primeiras do país a adiantar a aplicação da segunda dose. No entanto, para avançar no processo depende exclusivamente da chegada de mais vacinas.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

2 comentários

  1. Se protejam vestibulandos e estudantes!!!!!

    Covid longa: pacientes ‘recuperados’ podem ter problemas de raciocínio e memória, aponta pesquisa

    Continue após a publicidade
    Cientistas acabam de detectar mais uma provável complicação de longo prazo da covid-19: problemas cognitivos que prejudicam a memória, o raciocínio e a capacidade de resolução de problemas.
    Em uma pesquisa que envolveu dezenas de milhares de voluntários, eles notaram que pacientes “recuperados” da doença infecciosa causada pelo coronavírus apresentaram resultados piores em testes que medem a cognição.
    Em comparação com pessoas que não tiveram a enfermidade, a performance desses indivíduos chega a ser pior do que o desempenho de quem sofreu um acidente vascular cerebral (AVC) ou foi diagnosticado previamente com problemas de aprendizagem.

  2. Estado tem que liberar vacinas para VR, tem cidade que está muito a frente!!!!!

    variante Delta da covid-19, originária da Índia, é tão contagiosa quanto a catapora e mais letal do que qualquer cepa do Sars-Cov2 presente até o momento, segundo análise sigilosa obtida pela imprensa norte-americana produzida pelo Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), órgão do governo dos Estados Unidos que é referência mundial na área da saúde. O parecer leva em conta diferentes estudos.
    Slides de uma apresentação interna do CDC, divulgados em primeira mão pelo jornal The Washington Post na noite de quinta-feira (29) e checados pelo jornal The New York Times nesta sexta-feira (30), também apontam que a Delta é mais transmissível do que ebola, varíola e os vírus da gripe espanhola, do resfriado, da gripe comum e da Síndrome Respiratória do Oriente Médio (Mers).

    Se cuidem!!!!

    Usem mascaras!!!!

Untitled Document