>
segunda-feira, 15 de agosto de 2022 - 18:59 h

TEMPO REAL

 

Capa / Tempo Real / Vasco passa pelo Sport e deixa a lanterna

Vasco passa pelo Sport e deixa a lanterna

Matéria publicada em 20 de setembro de 2015, 18:27 horas

 


Gigante da Colina se aproveitou o início de cada etapa para chegar ao triunfo no Maracanã

Batido: Nenê faz o primeiro gol do Vasco na vitória sobre o Sport

Batido: Nenê faz o primeiro gol do Vasco na vitória sobre o Sport


Rio – 
 O Vasco segue em bom momento no Campeonato Brasileiro e venceu por 2 a 1 o Sport, neste domingo, no Maracanã. Com o resultado, os cruzmaltinos chegaram a 23 pontos e saíram da lanterna da Série A. Já o Sport, com 34, praticamente deu adeus a briga ao G-4.

O Vasco aproveitou o início de cada para chegar ao triunfo no Maracanã. No primeiro tempo, os cruzmaltinos marcaram com Nenê. Já na etapa final, foi a vez de Rafael Vaz deixar os donos da casa a frente. Élber fez o gol do Sport, que segue sem vencer como visitante. Na próxima rodada, o Vasco terá pela frente o clássico contra o Flamengo, no domingo. Já o Sport vai receber no mesmo dia a Chapecoense, na Ilha do Retiro.

O jogo

O Vasco começou com tudo a partida. Logo com um minuto, os cariocas abriram o placar no Maracanã. Madson cruzou rasteiro pela direita, a zaga cortou mal, no pé de Nenê. O atacante finalizou, a bola desviou em Ferrugem e foi para a rede, sem qualquer chance para Danilo Fernandes.

Mesmo após o gol, os cruzmaltinos não diminuíram o ritmo. O Sport foi obrigado a avançar e passou a deixar espaços. Com isso, o Vasco criou algumas chances de ampliar o marcador. Primeiro, Serginho colocou a bola na rede, mas o árbitro anulou o gol por interferência de Luan, que estava em impedimento na jogada. Depois, aos 11 minutos, Rafael Silva foi lançado na área e tentou encobrir Danilo Fernandes, mas a bola acabou indo para fora.

O Sport só foi assustar aos 15 minutos. Marlone arriscou de fora da área e obrigou Martín Silva a se esticar para salvar os donos da casa. A resposta do Vasco veio três minutos depois, em chute bonito de Nenê, que assustou Danilo Fernandes.

Aos poucos, os pernambucanos equilibraram o confronto e passaram a chegar com mais intensidade. O Sport teve duas chances em cabeceios de Victor Ferraz e André. O Vasco não conseguia armar boas jogadas e errava muitos passes no meio. De tanto insistir, o Sport chegou ao empate aos 39 minutos. Élber foi lançado na área, matou o peito e tocou para a rede, sem chance para Martín Silva.

Nos minutos finais, o Vasco esboçou uma reação, mas nada produziu. Melhor em campo, o Sport também não aproveitou o momento. Assim, o duelo foi empatado para o intervalo.

No segundo tempo, o Sport surpreendeu o Vasco com mais disposição e assustou no primeiro minuto, em chute de Maikon Leite. No entanto, a resposta do Vasco veio em grande estilo aos três. Após cobrança de escanteio, Rafael Vaz cabeceou com força no canto, sem chance para Danilo Fernandes.

O revés fez o Sport buscar o prejuízo. Os visitantes quase empataram aos sete minutos. André cobrou falta com categoria, mas Martín Silva voou para fazer grande defesa. A resposta do Vasco veio dois minutos depois. Rafael Silva recebeu na área, dominou e chutou com perigo.

A partida ficou movimentada, com as duas equipes em busca do ataque. Os cruzmaltinos quase marcaram com Leandrão, mas o atacante não aproveitou cruzamento de Nenê. Já os pernambucanos tiveram chance com André, mas o centroavante parou em boa defesa de Martín Silva após cabeceio.

O panorama da partida seguia o mesmo. Tanto que o Sport desperdiçou nova chance com Hernane, aos 21 minutos. Já o Vasco perdeu chance incrível com Nenê, nove minutos depois.

Nos minutos finais, o Sport se lançou ao ataque em busca do empate, mas viu o Vasco ter espaço nos contra-ataques. Herrera e Leandrão desperdiçaram chances para definir o jogo, mas tiveram que esperar o apito final para comemorar a vitória.

VASCO 2 X 1 SPORT-PE

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Heber Roberto Lopes (SC)
Assistentes: Kléber Lúcio Gil (Fifa-SC) e Márcio Santiago (MG)
Renda: R$ 591.020,00
Público: 19.128 pagantes
Cartões amarelos: Rafael Vaz e Serginho (Vasco); Renê e Danilo (Sport)
GOLS: VASCO: Nenê, 1min do primeiro tempo; Rafael Vaz, aos 3min do segundo tempo; SPORT: Élber, aos 39min do primeiro tempo
VASCO: Martín Silva, Madson, Rafael Vaz, Luan e Julio Cesar; Serginho (Jomar), Bruno Gallo, Andrezinho e Nenê (Lucas); Rafael Silva (Herrera) e Leandrão
Técnico: Jorginho
SPORT: Danilo Fernandes, Ferrugem, Matheus Ferraz, Durval e Renê (Danilo); Rithely, Neto (Régis), Marlone e Élber; Maikon Leite (Hernane) e André
Técnico: Daniel Paulista


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document