>
domingo, 22 de maio de 2022 - 01:49 h

TEMPO REAL

 

Capa / Esporte / Vasco renova empréstimo de Martín Benítez até 30 de junho

Vasco renova empréstimo de Martín Benítez até 30 de junho

Matéria publicada em 12 de janeiro de 2021, 15:52 horas

 


Rio de Janeiro – O Vasco anunciou, no início da tarde de terça-feira (12), a renovação do empréstimo de Martín Benítez até o fim de junho. O clube entrou em acordo com Independiente, que topou estender o vínculo, e seguirá com o camisa 10 até o dia 30 de junho.

Benítez se reapresentou ao Vasco no mesmo dia da renovação do empréstimo e teve seu primeiro contato com a nova comissão técnica. Em coletiva após a vitória sobre o Botafogo, Vanderlei Luxemburgo frisou que conta com o camisa 10 para a partida de sábado (16), contra o Coritiba, mas não assegurou a titularidade. O último jogo do argentino foi o clássico contra o Fluminense, em 13 de dezembro. O nome dele ainda não consta no Boletim Informativo Diário da CBF (BID).

Valores

O Vasco pagou US$ 250 mil (R$ 1,3 milhão) pelo empréstimo de seis meses. O Independiente pode, a qualquer momento a partir de 1º de março, exercer a cláusula de saída, que permite ao clube argentino vender os direitos federativos de Benítez. Nesse caso, o Vasco terá direito a igualar a proposta. Se não o fizer, ficará com 15% do valor de venda. A cláusula já existia no contrato anterior.

O Vasco seguirá com a opção de compra de 60% dos direitos do argentino por US$ 4 milhões de dólares (R$ 21,6 milhões, na cotação atual). No entanto, caso isso aconteça, o valor do empréstimo será descontado. Ou seja, o clube terá de pagar US$ 3, 75 milhões (R$ 20,3 milhões), em 18 meses. O parcelamento também já está acordado com os argentinos.

Contratado em fevereiro do ano passado, Benítez disputou 26 jogos e marcou dois gols pelo Vasco. O meia caiu nas graças da torcida e fez seu último jogo no empate por 1 a 1 com o Fluminense, em 13 de dezembro.

Elogios

O técnico Vanderlei Luxemburgo exaltou a importância da vitória no clássico contra o Botafogo por 3 a 0, no último domingo (10), e relembrou o gol histórico marcado por Roberto Dinamite pelo Campeonato Carioca 1976.

– Vitória contra um adversário que tem tradição, e rivalidade é muito grande, essa coisa vem de longo tempo. Um dos gols mais bonitos da história de Vasco da Gama x Botafogo vem do Dinamite, o maior jogador da história do Vasco da Gama, é num jogo em que o Roberto dá um chapéu no Osmar Guarnelli. Citei isso na preleção hoje. Para ganhar, tem que ralar e suar. Encontramos adversário difícil, centroavante com a bola aérea muito forte. Encaixamos e passamos a ter a superioridade. Era adversário de confronto direto, jogo de seis pontos – destacou o comandante.

Revelado pelo professor Vanderlei Luxemburgo, Talles Magno deixou sua marca na vitória no clássico. O treinador revelou como foi o processo de captação do camisa 11 na base, disse que gostaria que ele arriscasse um pouco mais durante a partida e destacou o potencial de evolução da joia vascaína.

– O Talles é um jogador que botei para jogar muito jovem, estava na reserva dos juniores. Ele estava meio que largado. Na primeira atuação comigo, dei um esporro nele porque ele vinha massageando a mão. Saiu correndo do departamento médico, e eu disse que não queria vê-lo massageando mão. Acho que em algumas bolas ele poderia arriscar um pouco mais, puxar para dentro como puxou em algumas jogadas com o Cano. Ele tem potencial para evoluir ainda mais comigo – disse Luxemburgo.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document