domingo, 9 de agosto de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Tempo Real / Vazão da Represa do Funil aumenta novamente

Vazão da Represa do Funil aumenta novamente

Matéria publicada em 13 de fevereiro de 2020, 08:51 horas

 


Na rua Eduardo Junqueira, próximo ao Fórum, em Barra Mansa, o nível elevado do Rio Paraíba é bem visível
(Foto: Paulo Dimas)

Barra Mansa –  A Represa do Funil, em Itatiaia, confirmou o aumento da vazão da represa de 300 metros cúbicos por segundo (m³/s) para 530m³/s, na manhã desta quinta-feira (13), crescendo a possibilidade de transbordamento do Rio Paraíba do Sul.

O setor de operação da Represa repassou ao coordenador da Defesa Civil, Sérgio Mendes, que a represa está operando com 70% da capacidade do seu reservatório.

Neste momento, o nível do Rio Paraíba do Sul está em 3.62 metros. “O índice normal varia entre 1.90 e 1.95 metro. Estamos com uma elevação da ordem de 1.69 m. A cota de alerta do Rio Paraíba é de 3.50 m. Por isso, continuamos em estágio de alerta”, disse Sérgio, ressaltando se não houver chuvas, a tendência é que o nível da água do Paraíba diminua, voltando a subir no início da noite por conta da vazão.

– Estamos torcendo para que o clima se mantenha estável e não haja transtornos em nossa cidade. Mas a população, principalmente quem mora em áreas ribeirinhas, deve se manter atenta – concluiu Serginho.

Os pontos que concentram maiores riscos de transbordamento são os bairros Vila Maria, ponto final de Saudade, Vista Alegre, Vila Nova e Rua Eduardo Junqueira. Em caso de emergência, os moradores devem telefonar para 199 e buscar ponto de apoio.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

7 comentários

  1. Avatar

    Eu queria que o Jornalismo do DV procurasse se informar e nos passar. Se o reservatório está em 70% da capacidade, por que não esperar chegar acima de 90%?
    Depois chega na época de seca ficam noticiando que a represa está baixa, está abaixando, precisa economizar água, etc.

    • Avatar
      Morador de Barra Mansa

      Coeficiente de segurança , professor não entende de engenharia.

    • Avatar

      Margem de segurança. Pode acontecer um volume anormal repentino e acontecer uma tragédia.

    • Avatar

      Gostaria de saber qual o percentual seria considerado critico, com essa chuvarada toda e a represa esta com 70%. Pra esse trem chegar aos 90% só diluvio.

    • Avatar

      É verdade Edmur, já imaginou se a represa se rompe? Brumadinho 2

    • Avatar

      Falta de controle, Aposentado. Para isso somente um administrador é capaz de administrar.

    • Avatar

      Souza, considere que a represa levou quase um ano para atingir os 70%, e que ela raramente chega abaixo de 40%. Não são muitos dias de chuva ou de seca que farão ela variar bruscamente, fora que se ela segurar toda a água de uma vez vai chegar um momento quem que não vai poder mais. Toda a chuva que cair antes e depois dela fluirá sem controle, deixando as cidades abaixo à mercê da natureza. Ninguém quer isso.

Untitled Document