sábado, 24 de outubro de 2020 - 06:49 h

TEMPO REAL

 

Capa / Região / Vendedores ambulantes aumentam lucros com a chegada do verão

Vendedores ambulantes aumentam lucros com a chegada do verão

Matéria publicada em 9 de janeiro de 2019, 18:12 horas

 


Volta Redonda – As altas temperaturas marcadas nos termômetros com a chegada do verão têm favorecido as vendas de diversos ambulantes. Podemos encontrar facilmente em praças e pontos de ônibus vendedores comercializando diversos produtos para refrescar e amenizar o calor que a população vem sofrendo nos últimos dias.

Entre os produtos mais vendidos está a água mineral, seguida de água de coco, sucos, picolés e geladinhos. Com a taxa de desemprego alta no Brasil, muitas pessoas têm esta atividade como forma de renda e sustendo familiar. Outras utilizam como uma renda extra.

Carlos Roberto Marcelo é proprietário de um carrinho de água de coco, na Vila Santa Cecília, em Volta Redonda. Para ele, nesta época do ano, as vendas aumentam consideravelmente.

– Normalmente em dias mais frios, a gente vende muito pouco. No calor, a gente vende mais. Mas ainda assim, o movimento é bem variado. O ano está começando, mas a base que temos é de que nos últimos anos, o movimento era muito maior. Quando o tempo ajuda, venho trabalhar, mas quando o tempo está ruim, não compensa muito porque o movimento fica bem fraco. A água de coco é bem saudável, né? A população procura bastante nesta época – disse.

Diversos carrinhos de água de coco estão disponíveis na Vila Santa Cecília. Entre eles, carrinhos de pipoca, guloseimas e churros, mas com a chegada do verão, a venda de água de coco faz mais sucesso.

Geraldo Rodrigues também é vendedor ambulante e também comercializa água de coco na Vila Santa Cecilia. Ele diz que suas vendas aumentaram com a chegada do verão e que em média, vende cerca de 80 unidades por dia. ‘’Tem dia que o movimento fica fraco e vendo pouco, em torno de 40 cocos. Quando o movimento aumenta, consigo dobrar as vendas e tem dia que vendo 80 por dia’’ – disse.

Segundo a nutróloga Ana Vitória Savelli Cardoso, os alimentos indicados para essa época do ano de muito calor são: frutas, saladas e legumes frescos. Estes alimentos vão ajudar a refrescar o corpo, afastar o calor e evitar a desidratação. Ela sugere, por exemplo, melancia, melão, abacaxi (que é composto por 86% de água e ajuda muito na hidratação do organismo). Já a banana, uva e abacate, são ricos em potássio, ajudando a recompor a substância geralmente perdida pelo suor.

– O nosso corpo não possui maneiras de armazenar água, por isso é fundamental que ela seja reposta diariamente e na quantidade adequada. O cálculo é bastante simples: são 35 ml de água para cada 100 gramas de peso no seu corpo. Esse é um valor básico que deve ser a meta de todos os dias, mas em dias mais quentes ou quando você pratica exercícios ela deve ser mais elevada – disse.

Ela ainda ressalta a importância do consumo da água de coco.

– A água de coco, por exemplo, é uma bebida saborosa, nutritiva e excelente opção para reposição de água, glicose e eletrólitos como sódio e potássio. O consumidor deve preferir sempre os sucos naturais e evitar os prontos ou de caixinhas – finaliza.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document