terça-feira, 19 de novembro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Política / Vereadores jovens entregam propostas a Rodrigo Drable

Vereadores jovens entregam propostas a Rodrigo Drable

Matéria publicada em 8 de novembro de 2019, 10:58 horas

 


Rodrigo Drable e a professora Fátima conversam com vereadores jovens e Wellington Pires
(Foto: CMBM)

Barra Mansa – Os vereadores jovens de Barra Mansa se reuniram, na manhã desta quinta-feira (07), no gabinete do prefeito Rodrigo Drable para entrega das indicações aprovadas na última sessão, realizada em setembro. O vereador Wellington Pires, autor da lei que instituiu a Câmara Jovem, e a vice-prefeita Fátima Lima participaram do encontro. Além de apresentarem seus pleitos ao prefeito, os alunos tiveram a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre o Poder Executivo. O encerramento desta edição do projeto está previsto para o final de novembro.

O vereador Wellington Pires iniciou a conversa, relembrando que os jovens já passaram por todas as etapas do projeto como capacitação, elaboração e votação das propostas. “Tivemos até sessão itinerante na Fazenda da Posse, local que muitos ainda não conheciam, e palestra sobre a história de Barra Mansa pela Fundação de Cultura”, enfatizou. A vice-prefeita elogiou a iniciativa e contou que era secretária de Educação quando Wellington era Prefeito Mirim. “Hoje tenho orgulho de ver que se tornou um vereador de destaque”, afirmou Fátima.

Logo após, a presidente da Câmara Jovem, Marcela Nunes, fez a entrega oficial das proposituras ao prefeito Rodrigo Drable, na presença também dos pais e das diretoras das escolas. Drable discursou sobre a importância de estarmos cientes sobre nossos deveres perante a sociedade. “As pessoas querem discutir só os direitos, mas ninguém fala sobre as obrigações”, afirmou, ao falar sobre projetos desenvolvidos no Município que têm pouca participação. “Montamos uma Fábrica de Óculos para disponibilizar aos alunos que necessitam e não têm condições de comprar. Abrimos 150 vagas de consultas oftalmológicas e só foram 17 crianças”, alertou.

Para conscientizar, o prefeito ainda falou sobre ações que prejudicam o crescimento da cidade como o acúmulo de entulho nas ruas. “Foram investidos R$ 3 milhões de asfalto nos acessos da cidade. Se não tivéssemos que gastar o dobro disso para recolher entulho, por exemplo, podíamos ter mais ruas asfaltadas”, completou.

AS PROSPOSTAS

O prefeito analisou todas as propostas e ouviu a defesa de alguns vereadores jovens como o Otávio Amorim, que defendeu a indicação de um ônibus gratuito para os estudantes que quiserem participar dos Jogos Escolares de Barra Mansa (JEBAM), visto que muitos não têm condições financeiras para acompanhar a competição. Segundo o prefeito, este é um problema fácil de ser solucionado. Ele já adiantou que tomará providências para o próximo ano.

Rodrigo Drable também explicou o motivo pelo qual algumas propostas não poderão ser concretizadas como foi o caso da demanda apresentada pelo Francisco Lukas: implantação de postos de saúde em bairros que ainda não possuem. O prefeito explicou que a construção de novas unidades segue critérios estabelecidos pelo Ministério da Saúde e que é preciso uma demanda de atendimento de quatro mil pessoas, por exemplo.

O prefeito também elogiou ideias como o projeto “Morador Consciente” elaborado pela vereadora jovem Bianca Conceição e disse que pensará em como torná-lo realidade. O intuito é que o SAAE promova gincana entre os bairros para que os moradores auxiliem na manutenção da limpeza e, em contrapartida, a autarquia viabilize uma forma de premiar coletivamente as comunidades que obtiverem o melhor desempenho.

Colhendo frutos

Ao final da reunião, o vereador Wellington Pires agradeceu a sanção do projeto de lei apresentado no ano passado pela então vereadora jovem Letícia Almeida. Representando o Colégio Municipal Doutor Elvino Ferreira, ela criou o projeto “Humanize-se” nas escolas da rede pública municipal, com objetivo de incentivar debates sobre questões sociais, culturais, econômicas e outros temas pertinentes para despertar o censo crítico dos alunos. A primeira lei da Câmara Jovem (4.816/19) já está em vigor no Município.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Um comentário

  1. Avatar

    Tem que ensinar aos jovens é gestão, ser vereador é gasto desnecessário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document