Vidal debate mudanças climáticas na Casa G20, no Rio

Prefeito de Paraty alertou que as prefeituras precisam de mais do apoio do governo estadual e federal para ampliar os serviços das medidas preventivas

by adrielly ribeiro

Rio de Janeiro – O prefeito de Paraty, Luciano Vidal, participou na quarta-feira (24), de um debate na conferência “Mudanças Climáticas: Resiliência e Energia nas regiões de Niterói, Rio de Janeiro”, que aconteceu na Casa G20, no Rio de Janeiro. O evento faz parte do movimento do G20 e do Programa de Pesquisa em Políticas e Gestão de Sustentabilidade da Universidade de Columbia e da Enel Brasil.

Com a presença de outros prefeitos e representantes das cidades do estado, como o prefeito de Niterói, Axel Grael, secretária do Meio Ambiente e Turismo de Areal, Yasmim Albuquerque e o professor da Universidade de Columbia, Dr. Walter Baethgen, o prefeito Luciano Vidal debateu durante o painel sobre o enfrentamento da questão climática pelo poder público.

“Apresentei dados sobre o investimento da administração pública de Paraty na prevenção e planejamento para as consequências das mudanças climáticas, como: Plano de Contingência para Desastres; sede nova da Secretaria de Proteção e Defesa Civil; implantação de 6 estações meteorológicas e 6 pluviômetros; criação do Centro de Comando de Operações para monitoramento; diálogo e treinamento nas redes municipais de ensino e nas unidades básicas de saúde; conselho do Meio Ambiente ativo; atualização do Plano Diretor; lei de Uso e Ocupação do Solo; fiscalização geológica nos locais próximos aos rios e encostas; implementação do DRM – Departamento de Registro Mineral; e novos carros, lanchas e equipamentos para os agentes”, disse o prefeito.

Vidal alertou que as prefeituras precisam de mais do apoio do governo estadual e federal para ampliar os serviços das medidas preventivas contra as mudanças climáticas que atingem diretamente o bioma. Ele citou como exemplo, a grande quantidade de chuvas que causam deslizamentos e enchentes. “Também precisamos do apoio das gestões das cidades vizinhas para serem mais rigorosos no controle do desmatamento, fiscalizar as indústrias poluentes e atuar na conservação ambiental. Estamos realizando o TAC, Termo de Ajuste de Conduta, com a empresa Enel, Ministério Público e Defensoria Pública, junto a uma ação civil pública, para que se resolva o problema de abastecimento de energia e melhorar os programas de prevenção em nosso município”, disse o prefeito durante o painel.

You may also like

Leave a Comment

diário do vale

Rua Simão da Cunha Gago, n° 145
Edifício Maximum – Salas 713 e 714
Aterrado – Volta Redonda – RJ

 (24) 3212-1812 – Atendimento

(24) 99926-5051 – Jornalismo

(24) 99234-8846 – Comercial

(24) 99234-8846 – Assinaturas
.

Image partner – depositphotos

Canal diário do vale

colunas

© 2024 – DIARIO DO VALE. Todos os direitos reservados à Empresa Jornalística Vale do Aço Ltda. –  Jornal fundado em 5 de outubro de 1992 | Site: desde 1996