>
segunda-feira, 23 de maio de 2022 - 17:41 h

TEMPO REAL

 

Capa / Tempo Real / Volta Redonda abre central de testagem para Covid-19 na Ilha São João

Volta Redonda abre central de testagem para Covid-19 na Ilha São João

Matéria publicada em 18 de janeiro de 2022, 19:32 horas

 


Atendimentos médicos com agendamento prévio começarão a ser feitos nesta quarta-feira, dia 19; medida ocorre devido à alta procura pelos serviços

A prioridade será testar pacientes com sintomas (sintomáticos) – Foto: Arquivo.

Volta Redonda- A Prefeitura de Volta Redonda, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), abre nesta quarta-feira, dia 19, um novo espaço para que a população que esteja com sintomas gripais busque atendimento e testagem para Covid-19. A central ficará na Ilha São João e funcionará todos os dias, (segunda-feira a domingo), das 8h30 às 17h, inclusive com atendimento médico.

Conforme nota técnica emitida pela Secretaria de Saúde, a prioridade será testar pacientes com sintomas (sintomáticos). Devem procurar a central de testagem, pessoas que apresentem sintomas, como: febre, calafrio, tosse, coriza, dor de garganta, cabeça e alterações no olfato ou paladar.

Os testes disponíveis para detecção da Covid-19 são os de antígeno e RT-PCR. Os atendimentos serão feitos mediante agendamento prévio, via internet, com limite, inicialmente, de 400 pessoas por dia. A medida ocorre devido à alta na procura pelos serviços na Atenção Básica (UBSs e UBSFs). Entretanto, todas as 46 unidades básicas de saúde vão continuar oferecendo atendimento e testagem.

O coordenador da Vigilância em Saúde de Volta Redonda, o médico sanitarista Carlos Vasconcellos, esclareceu que o centro de testagem não irá substituir os atendimentos nas unidades. O serviço está sendo apenas descentralizado devido à demanda.

“Um dos objetivos com a nova central de testagem é reduzir o fluxo das unidades de saúde para que as pessoas sejam atendidas com mais tranquilidade na utilização de outros serviços, como aplicação de vacinas, consultas em geral e outros procedimentos”, disse Vasconcellos.

O médico citou ainda que por conta da transmissão da variante Ômicron muitos profissionais de saúde têm se contaminado e estão afastados da rede pública. Por esse motivo, os atendimentos na central de testagem, na Ilha São João, inicialmente, serão limitados a 400 pessoas por dia – 200 pela manhã e 200 à tarde, através de agendamento.

“Inicialmente o número de 400 atendimentos/dia foi estipulado, pois estamos com muitos profissionais de saúde (médicos, enfermeiros, e técnicos de enfermagem) doentes, em isolamento devido à variante Ômicron, que é altamente transmissível. O efetivo de profissionais está reduzido pelo mesmo motivo nas unidades de saúde, por isso, pedimos que todos, sem exceção, reforcem as medidas de prevenção à Covid-19”, disse, acrescentando que os atendimentos não serão em formato de drive-thru.

“As pessoas devem ir ao local com calma portando os documentos necessários: documento de identidade, cartão do SUS ou CPF. O atendimento é dividido em três etapas: o paciente preenche a ficha, é acolhido no sistema de triagem (avaliação dos sinais vitais, classificação de risco), depois passa pelo atendimento médico e testagem. Após o resultado do teste, no caso de positivo, o paciente retorna ao médico para receber orientações quanto ao isolamento e afastamento de suas funções”, explicou.

A escolha da Ilha São João se dá pelo fato de os atendimentos poderem ser feitos em um espaço aberto, mais amplo e com maior capacidade de abrigar pacientes que uma unidade de saúde.

Como fazer o agendamento?

O agendamento será feito pela internet, através do link: https://forms.gle/EsEifA3dLdYqyZXs6
O endereço será disponibilizado através das redes sociais (Facebook e Instagram) da Prefeitura de Volta Redonda.
Facebook: PrefeituraVR e Instagram: @prefeitura.vr

No cadastro é necessário preencher um e-mail válido, para que a confirmação possa ser encaminhada à pessoa. Após a conclusão do cadastro, o paciente receberá a confirmação, com o horário em que deve comparecer à Ilha São João, no e-mail fornecido. A resposta é o comprovante.

No local do atendimento, é preciso apresentar documento de identidade, cartão do SUS ou CPF.

O link vai ser controlado de acordo com o preenchimento das agendas, podendo estar indisponível se não houver vagas. Porém o agendamento estará disponível diariamente até as 22 horas.

Atendimento e testagem nas unidades básicas continuam
Os atendimentos a pacientes com sintomas gripais também continuam a ser realizados em todas as 46 unidades básicas de saúde do município.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

5 comentários

  1. VERGONHOSO! Viação Sul Fluminense: diversos bairros de Volta Redonda estão sem ônibus, imaginem no horário de pico, trabalhadores chegam a ficar por mais de 3 horas a espera do ônibus! Prefeito, Vereadores, deputados da cidade nada falam, seguem de boca fechada no maior silêncio! Isso é uma vergonha sem fim!!!

  2. Em entrevista à CNN nesta terça-feira (18), a epidemiologista e professora Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), Ethel Maciel, explicou que a piora da pandemia vista neste momento é resultado das aglomerações feitas durante as festas de fim de ano.

    “Natal, Ano Novo, as festas de fim de ano no geral demoram duas semanas para que tenhamos o pico de contaminação. E a gente ainda está em um período de férias, onde muitas pessoas tendem a aglomerar”, pontuou.

    Culpa também da Globo que ficou em seus programas o tempo todo que era o Natal e Ano Novo em que todos poderiam ser reunir, eu não reuni passei só com o pessoal da minha casa e me senti um ET.

  3. Ensino hibrido em 2022

    Prefeito Neto e governador faça ser optativo o ensino presencial ou remoto.

    Meus filhos não estão vacinados e tenho comorbidades , assim como meu esposo, não quero ser ” obrigada” a tirar meu filho da escola e deixar sem ensino em 2022.

  4. Que Deus nos ajude!

    Crianças não vacinadas , adolescentes com 2 doses , quando a escola voltar vai ser um Tsunami de casos…

    Fora o povo do Carnaval.

    Tem crianças sem imunização, pais com comodidades em casa .

    As crianças vão trazer, todos sabem que crianças e adolescentes não cumprem protocolos.

    Quem quiser ir ok, quem não quiser por sobrevivência deixa ficar no remoto.

  5. Neto hoje Reino Unido teve 438 mortes.

    Deixa ensino hibrido.

    Quem quiser das públicas e particulares optar pelo remoto poder.

    Muita gente da minha família já morreu.

Untitled Document