Volta Redonda amplia oferta de exames de raio-x de coluna

De acordo a Secretaria Municipal de Saúde, serão ofertados cerca de mil procedimentos por mês a partir desta quarta-feira (8)

by Diário do Vale

Foto: Divulgação – Secom/PMVR

Volta Redonda – A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Volta Redonda amplia, a partir desta quarta-feira (8), a oferta de exames de raio-x de coluna, a fim de zerar a fila de espera na rede pública da cidade. De acordo com o Departamento de Controle, Avaliação, Regulação e Auditoria da SMS, serão ofertados mil procedimentos por mês.

“Atualmente temos uma fila de espera de aproximadamente 3 mil pessoas, e com a proposta de ofertar mil exames/mês nossa previsão é acabar com essa fila em um período de três a quatro meses”, explicou a coordenadora do departamento, Sheila Rodrigues.

A coordenadora conta ainda que, como o raio-x de coluna é um exame que demanda mais tempo para realização, foi necessária a contratação do serviço para dar apoio à rede municipal.

“Já abriremos o agendamento a partir desta quarta-feira, e os pacientes serão informados por telefone sobre o dia e horário, e serão direcionados para a realização dos exames”, acrescentou Sheila.

Para a secretária municipal de Saúde, Maria da Conceição de Souza Rocha, esse é mais um avanço que a SMS vem promovendo para atender cada vez melhor os pacientes do SUS (Sistema Único de Saúde).

“Assim como fizemos com a cirurgia de catarata, a tomografia e estamos fazendo com a ressonância magnética, vamos trabalhar para que todos os pacientes que precisem do raio-x da coluna também não esperem mais em uma fila. É uma nova realidade para a saúde do município. Continuaremos ampliando e melhorando os serviços para quem mais precisa: o paciente do SUS”, afirmou a secretária.

Ressonância e tomografia

Além do raio-x, a Secretaria de Saúde de Volta Redonda também busca zerar a fila de espera por outros tipos de exames. A ressonância magnética, por exemplo, está prestes a acabar com essa fila. Em fevereiro deste ano foi iniciada a realização do exame em um novo espaço na Rua 33, na Vila Santa Cecília, que oferta cerca de 800 ressonâncias por mês.

Em relação à tomografia, o Hospital Municipal Dr. Munir Rafful, no Retiro, conseguiu zerar a fila de espera para pacientes do SUS (Sistema Único de Saúde) após a instalação de um tomógrafo de última geração na unidade. Com o novo equipamento, foi ampliada a capacidade de atender das demandas ambulatoriais e de urgência do hospital, além das que chegam do Hospital Dr. Nelson dos Santos Gonçalves, no Aterrado, e da UPA (Unidade de Pronto Atendimento) no Santo Agostinho.

“A Saúde de Volta Redonda vem sendo reconstruída e já conquistamos muitos avanços, com reformas, novas unidades, mais leitos, equipamentos novos e modernos, e trabalhando para atender mais rápido e de maneira mais eficiente e acolhedora as pessoas que precisam da saúde pública. Sabemos que ainda temos mais a fazer, e estamos no caminho certo”, destacou o prefeito Antonio Francisco Neto.

You may also like

diário do vale

Rua Simão da Cunha Gago, n° 145
Edifício Maximum – Salas 713 e 714
Aterrado – Volta Redonda – RJ

 (24) 3212-1812 – Atendimento

(24) 99926-5051 – Jornalismo

(24) 99234-8846 – Comercial

(24) 99234-8846 – Assinaturas
.

Image partner – depositphotos

Canal diário do vale

colunas

© 2024 – DIARIO DO VALE. Todos os direitos reservados à Empresa Jornalística Vale do Aço Ltda. –  Jornal fundado em 5 de outubro de 1992 | Site: desde 1996