quarta-feira, 8 de julho de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Região / Volta Redonda flexibiliza horário do comércio e amplia liberação da feira livre

Volta Redonda flexibiliza horário do comércio e amplia liberação da feira livre

Matéria publicada em 3 de junho de 2020, 17:59 horas

 


Comércio em geral passa a abrir ao meio-dia, sem limite em relação ao fechamento e produtos não alimentícios voltam a ser vendidos nas feiras

Samuca anuncia ampliação da flexibilização
(Imagem: reprodução)

Volta Redonda – O prefeito Samuca Silva informou na tarde desta quarta-feira (03/06) em transmissão ao vivo feita por redes sociais, que conseguiu avanços no acordo vigente com o Ministério Público do Estado do Rio (MPRJ) e que, a partir de 10 de junho, o comércio da cidade passa a funcionar a partir de meio-dia, sem horário estabelecido para fechamento.

As barracas que vendem gêneros não alimenticios poderão voltar às feiras livres, também a partir de 10 de junho, com restrições para o espaçamento e em local diferente das barracas de alimentos.

Os  feirantes que trabalham com gêneros alimentícios foram incluídos na lista de atividades essenciais e, mesmo que ocorra um fechamento automático por causa de algum dos eixos de monitoramento, poderão continuar trabalhando.

Além disso, e também a partir de 10 de junho, os bares e restaurantes terão horário liberado, mas limitados a 30% de sua capacidade de ocupação.

A partir do dia primeiro de agosto, está prevista a volta aos horários normais do comércio, desde que os eixos de monitoramento na cidade continuem positivos.

Sobre os eixos, Samuca informou que o MPRJ concordou em ampliar de dois para três o número de dias em que crescimento de casos suspeitos acima de 5% geram fechamento automático do comércio.

No entanto, todas essas medidas ainda precisam ser homologadas pela Justiça, o que a Procuradoria do município está tentando fazer com a maior rapidez possível.

Nesta terça, a cidade teve 5,07% de crescimento de casos suspeitos. Pelo acordo em vigor, se isso se repetir na quarta, o comércio fecha por sete dias a partir de quinta. Se o novo acordo for homologado, passa ser possível mais um dia de casos acima do limite antes do fechamento automático.

Templos, clubes e academias

O prefeito informou que a reabertura controlada de templos, academias e clubes vai ficar condicionada a um decreto do governo estadual, podendo até sair antes de 10 de junho. Samuca disse que, com isso, fica afastada a possibilidade de disputa judicial em torno do assunto.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

28 comentários

  1. Avatar

    Que mané Ceasa a feira tem que ser livre

  2. Avatar

    enquanto isso, três poços amarga com o descaso da prefeitura em ralação ao asfaltamento, somente arrumaram parte da Avenida Paulo Erlei, deixando os restantes dos moradores, idosos, crianças com problemas respiratórios a ver navios com a poeirada na rua sem o asfalto.

    E para piorar a situação, teve um ”inteligente ” da obra que jogou um dois caminhões de terra na pista e passou com o rolo compreensor pro cima, como se a poeira não levantasse pra tudo que é lado, sujando a casa de todos que ali moram.

    com a palavra a prefeitura e o prefeito.

    • Avatar
      Felippe Gottsching

      A reportagem fala de flexibilização do comércio, meu jovem

      Não tem nada de asfaltamento na reportagem

      Vai fazer politicagem lá na página do gazeta sul, lá você será bem vindo

  3. Avatar

    Tem que rir desse prefeito continua perdido e não sabe dar um norte para população,.Vai ter que liberar tudo e todos trabalharem com restrições. Por que ao invés de falarem de índice de contaminados e mortos vcs não falam de índice de desempregados de volta redonda?

    • Avatar
      Felippe Gottsching

      A reportagem é sobre abertura do comércio justamente pra evitar desemprego

      Essa politicagem barata não cola mais, vaza daqui

  4. Avatar
    Capeta da grota do Santa cruz

    Libere tudo e que seja o que Deus quiser …

  5. Avatar

    Já pode tirar a máscara ?

    • Avatar

      Só uma pessoa muito mal informada tiraria a mascara, é chato, desconfortante, abafa, mas é essencial na proteção a nos e nossa família e amigos.
      Em tempo: é colocar a mascara antes de sair de casa, não manipular de forma alguma ao estar na rua, e retirar só ao entrar em casa.

      Tem retardado que usa com o nariz de fora, usando no queixo.

    • Avatar

      Tem mais é que liberar TUDO. Já tem gente morrendo de fome por não conseguir TRABALHO. Se vc pode passear de máscara pode TRABALHAR DE MÁSCARA também.

    • Avatar
      Felippe Gottsching

      Tem gente morrendo de fome aonde rapaz ? Em volta Redonda ?

      Larga de ser maluco.

  6. Avatar

    O calcanhar-de-aquiles desse plano. Grande chance de o comércio fechar sexta-feira devido a esse famigerado eixo de 2 dias, que está para virar 3… Hoje bateu mais de 5% de casos suspeitos. Ontem foi quase. Se amanhã chegar a 5% novamente, fecha o comércio por mais 7 dias, independente de nos dias seguintes ficar abaixo de 1%, como chegou a acontecer…

    Não adianta mudar de 2 para 3 dias, tem que mudar a metodologia. O inverno está aí, muitas doenças surgem e se confundem com a Covid. O número de novos casos e o índice de internações são os fatores tangíveis e estão caindo a cada semana! Fecha o comércio e ficam os hospitais vazios, não há coerência nisso!… Os eixos tinham que se articular entre si, de forma coordenada e em sintonia, não independentes da forma como está…

    • Avatar

      Perfeito…viu prefeito

    • Avatar

      Comentário lúcido, pratico e inteligente! Um cidadão consegue ver e colocar isso aqui, enquanto o MP e a prefeitura levam séculos para perceber isso. Precisa mudar! O resultado será o esgotamento social e a desobediência civil.

  7. Avatar

    Alguem sabe se a beira rio ja esta liberada para atividade fisica?

  8. Avatar

    Boa noite bcs acredita nisto isto ja tava liberado a muito tempo isso e ano de eleição sabe que nao ganha mais ai ta gaxendo essa jogada acha qie o povo e burro.ai fala que teve reuniao barra do pirai o prefeito ja ta funcionando assim bastante tempo acorda povo de volta redonda nem os ônibus o prefeito conseguiu tira as linhas da suflumense ja publiquei varias coisa erada que ta acontecendo nem resposta tive esse e nosso pior prefeito volta neto por favor a cidade era mais cuidada.

  9. Avatar

    Até que enfim a feira livre setor de vestuário vai voltar .

  10. Avatar

    Em relação aos templos, academias e clubes ele tirou da responsabilidade dele. Dizer que pode ser antes do dia 10 é mentira pq o estado está prorrogando a quarentena e não tem flexibilização.

  11. Avatar

    VR já passou da hora de ter um Ceasa Regional que atenderia toda a região e concentraria todos os feirantes com espaço e segurança num só lugar

    • Avatar

      Apoiado.

      Um Mercadão Municipal.

      Ali no Aterrado, próximo da capela mortuária.

      Tem espaço pros caminhões e carros.

      Ia ficar show.

    • Avatar

      Já passou da hora mesmo !!!!

    • Avatar

      Feira livre e Ceasa têm propostas muito diferentes. É igual comparar sapataria com magazine…

    • Avatar

      Amigo CEASA eu não digo.Mas um Mercado Municipal com vários boxes onde os atuais feirantes de comestíveis se instalar iam seria ótimo para os feirantes e os consumidores.Na maioria das cidades de São Paulo existem.Aqui o prefeito Neto preferiu construir um camelodromo que vende produtos falsificados.

Untitled Document