terça-feira, 23 de julho de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Mosaico / Mosaico: Volta Redonda ganha universidade Popular

Mosaico: Volta Redonda ganha universidade Popular

Matéria publicada em 2 de setembro de 2018, 18:18 horas

 


Universidade Popular 

A cidade de Volta Redonda vai ganhar hoje a universidade Popular (UniPop). Todas as 300 vagas disponibilizadas foram preenchidas para os cursos de pré-vestibular, esperanto, yoga, memória, terceira idade, educação especial, reforço escolar, inglês, entre outros. Os cursos terão duração de seis meses.
*
As atividades da UniPop começam na segunda-feira, dia 03, na Rua João Haasis, nº 50, bairro Eucaliptal. O espaço conta com salas de aula, de informática, multiuso, biblioteca, entre outras.
*
De acordo com o diretor executivo da Universidade Popular (UniPop),  Eduardo Dessupoio, os cursos são acessíveis a todos. “Esse projeto visa oportunizar o primeiro contato da comunidade com a universidade. São cursos simples, de baixo custo para o município e de curta duração em um primeiro momento. Para abrir os horizontes da educação diminuindo a desigualdade intelectual”, contou.

Aliás

O prefeito Samuca Silva enfatizou o esforço de todos para a criação da UniPop e sobre a importância em qualificar a comunidade. “O local onde a UniPop vai funcionar foi desativado pelo Estado, não tendo utilidade nenhuma para a comunidade do bairro e regiões próximas. O fórum das universidades é fundamental para a realização desse projeto levando cursos que possam qualificar e ajuda no desenvolvimento. Essa é a primeira universidade municipal popular do Brasil”, disse.
Todas as aulas serão gratuitas, sendo ministradas por representantes das universidades participantes do Fórum Estratégico de Ensino Superior de Volta Redonda.

Nas ruas
O candidato a deputado estadual pelo PDT, Baltazar esteve sábado pela manhã em Porto Real para uma reunião com lideranças e depois foi a vez de Barra Mansa.
Ele caminhou pelas ruas do Centro e apresentou suas propostas para os eleitores. Domingo marcou presença na Rua de Compras, no bairro Aterrado, em Volta Redonda.
“Sabemos que a política atualmente está desacreditada, mas quando se apresenta as propostas e realizações passadas as pessoas percebem que não podem se abster e precisam colocar alguém com experiência para representá-las”, afirmou.

Caminhada
Os candidatos pelo PSD a deputado estadual Bruno Marini, e a deputado federal pelo PSL delegado Antônio Furtado caminharam na manhã deste sábado, dia 1º de setembro, pela Avenida Joaquim Leite, no Centro de Barra Mansa. Eles conversaram com comerciantes, trabalhadores, lideranças e pessoas que passavam pelo local. Também distribuíram informativos sobre suas propostas e compromissos de campanha eleitoral e fizeram um comício relâmpago. Em tempos de rede social, muitos eleitores fizeram questão de fazer ‘selfies’ com os candidatos.
Ao cumprimentar os moradores, Bruno Marini comentou sobre a receptividade à sua candidatura. “Estou sendo muito bem recebido pelas pessoas e acho esse contato direto com a população muito importante. Tenho muita satisfação em andar pelas ruas e ser acolhido, de maneira tão carinhosa. Sabemos que essa situação não acontece com vários políticos, que entraram para a vida pública com interesses próprios e, não o de defender a coletividade”, disse Bruno.

Inauguração
O governador Luiz Fernando Pezão e o secretário estadual de Saúde, Sérgio Gama, inauguram, nesta segunda-feira (3/9), às 15h, uma unidade cirúrgica, equipada com uma sala híbrida, no Hospital Universitário Pedro Ernesto (Hupe), da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj). A nova unidade, que recebeu investimentos no valor de R$ 4 milhões da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (Faperj), órgão vinculado à Secretaria estadual de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Social, conta com um aparelho de hemodinâmica de alta tecnologia, que permite associar técnicas cirúrgicas convencionais e de última geração.
No total, somente este ano, o Hospital Universitário Pedro Ernesto, da Uerj, recebeu do Governo do Estado investimentos no valor de R$ 42,3 milhões.

Investimentos
Durante a inauguração, serão anunciados outros investimentos do Governo do Estado no valor R$ 23,3 milhões para o Hospital Pedro Ernesto. Desse total, com recursos repassados pela Secretaria estadual de Saúde no valor de R$ 7,3 milhões, será possível ampliar o número de cirurgias cardíacas e de colunas no Hupe.
A capacidade de cirurgias cardíacas aumentará de 20 para 80 mensais, além da implantação de 40 marca-passos.
A verba também será destinada a um núcleo, responsável pela realização de 20 cirurgias de coluna e de 500 atendimentos ambulatoriais mensais.

Camelôs
Indio da Costa, candidato ao governo do estado pelo PSD, criticou neste sábado (01/09) a quantidade de camelôs que tem encontrado nas ruas da cidade e do estado.
“Aumentou de forma absurda o número de ambulantes hoje no Rio. Como governador vou combater esta situação é estimular uma rearrumação da casa. Hoje, isso ocorre pela ausência de ordem urbana”, afirmou.
Indio fez as declarações ao caminhar pelas ruas da Taquara, em Jacarepaguá, e no calçadão de Bangu, zona oeste da cidade.
“Aonde vou, encontro os principais corredores comerciais das cidades tomados por ambulantes. Muito deles comercializando produtos ilegais. Uma grande parte destas mercadorias é de origem criminosa, de cargas roubadas”, disse.
Indio disse que seu governo vai estimular a ordem urbana: “Como governador, não vou permitir que esta situação permaneça”.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

4 comentários

  1. Avatar
    Universidade na cadeia

    Para de chamar esses cursinhos que não servem pra nada de universidades.

  2. Avatar

    Universidade de quê?
    Universidade é UFF, Cederj com várias faculdades de várias universidades…
    Especialização é elétrica, me anica, pintura, panificação, Confeitaria e mesmo assim não são curdos de universidades….
    Esperanto, yoga, memória, terceira idade não vai fazer ninguém arranjar emprego !
    Chamar esses cursinhos de universidade chega ser ultrajante.
    Sem falar que para cursar universidade, tem que ter ensino médio completo , no mínimo.
    Um curso de graduação leva no mínimo 4 anos de pós graduação , é menor mas tem que ter a graduação de 3 grau.

    • Avatar

      Primeiro não é universidade.
      Segundo, tinha que ensinar algo que preste.
      Corte e costura, culinária, espanhol, pintura, elétrica, mecânica, carpintaria…
      Currículo maravilhoso: Faço Yoga e sei falar esperanto…
      Aonde pede esperanto ?

  3. Avatar

    Bom saber, que entre os cursos oferecidos há o de esperanto. Como segunda língua das pessoas, o esperanto torna justa a comunicação internacional e protege as culturas. Descubra: https://esperanto.blog

Untitled Document