sexta-feira, 5 de junho de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Volta Redonda imuniza 20 mil pessoas contra gripe

Volta Redonda imuniza 20 mil pessoas contra gripe

Matéria publicada em 28 de março de 2020, 13:27 horas

 


Novo estoque de vacinas esgotou na sexta-feira
(Foto: Evandro Freitas / Secom VR)

Volta Redonda – A Secretaria Municipal de Saúde de Volta Redonda já imunizou 20 mil pessoas contra a gripe, Influenza H1N1. Na sexta-feira (27), as vacinações ocorreram através do sistema drive thru, em quatro postos de vacinações espalhados pelo município, no intuito de imunizar o público-alvo da primeira fase da campanha.

Os postos foram instalados na Praça Brasil, na Vila Santa Cecília; na Avenida Sávio Gama, próximo ao ponto final do Tarifa Comercial Zero, na entrada do Eldorado; no bairro Aero Clube, próximo aos campos de futebol; e no bairro São Luiz, em frente ao posto de vistoria do Detran-RJ.

A aposentada Olga Ferreira, de 63 anos, foi até a Praça Brasil acompanhada da filha e aprovou o novo sistema de vacinação.

– A procura foi grande, teve fila, né?! Mas melhor assim, todo mundo dentro do carro e sem sofrer riscos. Eu gostei. Tá aprovado – disse a aposentada.

Alfredo Peixoto, secretário de Saúde de Volta Redonda, destacou que mais de 9 mil vacinas foram aplicadas na sexta-feira.

– Com isso, foram esgotadas as nossas doses enviadas pelo Governo do Estado. Já solicitamos mais doses para a cidade e vamos receber na semana que vem. Vamos informar com antecedência o retorno da vacinação – declarou o secretário.

Alfredo ainda informou que mais de dois mil doses foram aplicadas em domicílio para idosos com mais de 80 anos no intuito de evitar aglomeração nas ruas.

– Assim que todos os idosos acima de 80 anos forem vacinados, passaremos a atender a faixa etária entre 70 e 79 anos e, por fim, os maiores de 60 e menores de 70 – concluiu o Alfredo Peixoto.

Para o agendamento da vacinação domiciliar, o contato deve ser feito pelos telefones 3339-9628 e 3339-9629.

Vacina

A vacina contra a gripe não imuniza contra o novo coronavírus (Sars-Cov-2), mas aumenta a imunidade da população e reduz a circulação do vírus Influenza. Ela também vai ajudar a diferenciar a gripe e a Covid-19. Ao proteger os idosos do vírus influenza (causador da gripe), a vacina impede uma sobrecarga do sistema respiratório, que agravaria os sintomas em um eventual ataque do novo coronavírus.

A campanha de vacinação contra a gripe tem previsão de atender professores, profissionais das forças de segurança e salvamento, além dos doentes crônicos a partir do dia 16 de abril.

A partir do dia 9 de maio, a vacina será estendida para crianças de seis meses a menores de seis anos, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), adolescentes de 12 a 21 anos que cumprem medidas socioeducativas, população e funcionários do sistema prisional,, população indígena e ainda pessoas de 55 a 59 ano, que foram acrescentadas ao púlico-alvo da campanha deste ano.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

3 comentários

  1. Avatar

    Mais 9000 vacinas e o prefeito convoca toda a cidade. KKK kkk Muita gente não foi oq foi indagando na vez anterior. Chegando na prestação de contas alegará que não conseguiu atingir a demanda por isso e aquilo e naquilo ou taquilo ou blá blá blá

    Dificilmente reconhecerão que perderam a credibilidade no que prometem.

  2. Avatar

    Não entendi, o secretário disse que assim que os idosos com mais de 80 forem vacinados, vão liberar para os entre 70 e 79. Oq essa senhora de 69 da reportagem foi fazer lá então, se não estava no grupo preferencial?

  3. Avatar

    Parabéns meu bom prefeito SAMUCA SILVA

    Aos outros resta tirar raio x e pedir injeção pequena

Untitled Document