terça-feira, 19 de novembro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Região / Volta Redonda perde 7,6 mil empregos em dois anos

Volta Redonda perde 7,6 mil empregos em dois anos

Matéria publicada em 20 de janeiro de 2017, 23:02 horas

 


Cidade começa 2017 com 65,4 mil postos de trabalho; no início de 2015, eram mais de setenta e três mil

Encolhendo: Perda de empregos em Volta Redonda, em dois anos, chega a 7.660

Encolhendo: Perda de empregos em Volta Redonda, em dois anos, chega a 7.660

Volta Redonda – Volta Redonda terminou 2016 com 3.660 empregos a menos do que tinha no início do ano passado. Considerando os 3.941 postos de trabalho que foram eliminados durante 2015, a cidade começa 2017 com 65.417 vagas formais, 7.601 a menos do que as 73.018 que havia no início de 2015.  Os dados são do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) do Ministério do Trabalho.
Todos os principais segmentos da economia da cidade reduziram a quantidade de empregados. A maior parte dos empregos fechados é do setor de serviços, que demitiu 4.719 pessoas a mais do que admitiu nesses dois anos. A indústria de transformação teve saldo negativo de 1.575, enquanto o comércio cortou 861 vagas e a construção civil, 953.
Entre os setores menores, a administração pública, que engloba empregados com carteira assinada de todas as esferas de governo, foi o que apresentou melhor desempenho: houve 284 admissões a mais do que demissões em 2015 e 2016.
No setor de serviços industriais de utilidade pública, que reúne trabalhadores dos setores de saneamento e energia, o número de postos de trabalho cresceu em 226.
Na agropecuária houve um saldo positivo de dois, enquanto no setor de extração mineral, que na cidade engloba, entre outras coisas, as empresas que retiram areia, foram fechados cinco empregos.

Cai o ritmo de demissões

A velocidade com que o número de postos de trabalho diminui se tornou menor em 2016. O único dos grandes setores que demitiu mais no ano passado do que no retrasado foi a indústria de transformação (531 em 2015, 1.044 em 2016). Nos outros, houve redução no ritmo de demissões.
O fenômeno reflete o que ocorreu em todo o Brasil, que encerrou 2016 com queda no ritmo da perda de empregos formais no país. Nos últimos 12 meses, foram fechadas 1.321.994 vagas, 14% a menos do que no mesmo período de 2015, quando o mercado perdeu 1.534.989 postos de trabalho. Apesar dos números ainda serem negativos, a comparação já mostra uma diminuição significativa no fechamento de vagas.
A crise começou a perder fôlego em abril de 2016, quando o país registrava o pico de 1.825.609 vagas fechadas em um período de 12 meses. Mas esse número começou a cair mês a mês. No final do ano, a perda em 12 meses já estava menor em 503.615 postos.
Em dezembro, mês que historicamente apresenta forte aumento no número de demissões, a perda foi de 462.366 vagas, 22,4% menor do que no mesmo período de 2015, outro dado que mostra o arrefecimento na crise do emprego.

Desempenho setorial

O ano de 2016 ainda apresentou resultados negativos em todos os setores, embora já com um ritmo menor do que em 2015. Em números relativos, o setor que menos sofreu nos últimos 12 meses foi o da Agricultura, com um fechamento de apenas 0,84% das vagas, seguido pela Administração Pública, que teve percentual negativo de 0,97%. O Comércio e os Serviços tiveram perdas de 2,22% e 2,28% respectivamente. O setor que mais sofreu foi o da Construção Civil, que fechou 13,48% dos postos formais, seguido pelo Extrativo Mineral (-5,67%) e a Indústria da Transformação (-4,23%).

CNI confirma que desemprego cresce menos

A produção e o emprego na indústria brasileira encerraram 2016 em queda, mas a situação é mais favorável que a verificada em dezembro de 2015. A informação está na pesquisa Sondagem Industrial, divulgada nesta sexta (20) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).
De acordo com a pesquisa, o indicador de produção alcançou 40,7 pontos no último mês do ano passado, ante 47 pontos em novembro. Embora esteja abaixo da linha divisória dos 50 pontos, o que indica queda na produção, o índice supera os 35,5 pontos registrados em dezembro de 2015.
Segundo a CNI, a queda na produção é usual em dezembro devido ao fim das encomendas para o Natal. De acordo com a entidade, o índice de dezembro de 2016 é o melhor em quatro anos.
Já o indicador que mostra a evolução do número de empregados ficou em 44,7 pontos no mês passado, enquanto em novembro estava em 45,8 pontos. Também abaixo dos 50 pontos, o índice melhorou em relação ao resultado de dezembro de 2015, quando o emprego estava em 41,5 pontos.
Para a entidade que representa a indústria, os dados da sondagem de dezembro mostram que “o cenário atual ainda é greve”. Na avaliação da CNI, contudo, “o pior pode ter passado”.

Estoques

Os estoques da indústria terminaram o ano abaixo do desejado, o que indica que pode haver aumento na produção para recompô-los. Segundo a CNI, trata-se de um dado positivo.
O indicador que mede o estoque efetivo em relação ao planejado ficou em 46,5 pontos em dezembro de 2016. Houve queda em relação a novembro, quando o índice era 48,3 pontos, e estabilidade em relação a dezembro de 2015, quando foram registrados 46,6 pontos.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

22 comentários

  1. Avatar

    VR, é apenas uma cidadezinha falida, desse país falido! Ou alguém acha que a cidadezinha ficaria imune à crise nacional? Bairrismo idiota!

  2. Avatar

    Canso-me de dizer que Volta Redonda precisa de pessoas na prefeitura que se preocupem de verdade com a geração de empregos, com um projeto sólido e robusto para atrair novas empresas. É muito cômodo um prefeito e um secretário responsável sentar na mesa e lidar com que a CSN é a maior empregadora da cidade. Mas ela já teve mais de 25 mil empregados, e hoje, se juntar com as terceiras, não chega a 8 mil. E cada dia que passa esse número é menor. Sem contar que empregados da própria CSN que ganham um salário de fome, quanto mais empregados das terceiras. Com a alta nos preços de aluguel, alimentação e vestuário, o que sobra (se sobra) é quase nada para gerar renda e riquezas para a cidade. Por isso é que pessoas responsáveis devem travar uma verdadeira batalha com outros estados e até mesmo países para trazer para V.Redonda outras empresas e empreendimentos que possam dinamizar a oferta de empregos para um cidadão cada vez mais pobre e miserável que depende única e exclusivamente de uma empresa que arrocha cada vez mais as condições de seus empregados (a CSN).

  3. Avatar

    O pior da notícia foi saber que o único setor que teve mais empregos foi o serviço público. Isso é loucura, pois em vez de reduzir gastos em época de crise porque tem mais gente desempregada e menos arrecadação de impostos, o serviço público contrata mais. O brasil tá maluco.

  4. Avatar

    Eu não avredito em jornal nenhum imparcial é na internet.Aqui qualquer um paga uma matéria e aparace qnd quiser.

  5. Avatar

    Os dados do Caged são reais e retratam a realidade de empregos e desempregos

    Enquanto aquela pesquisa FAJUTA, realizada em apenas algumas capitais, informando o Índice de Desemprego é pura balela e só serve para enganar os desatentos.

  6. Avatar

    Construção civil

  7. Avatar

    E existem imbecis!!!! Que falam mal do Neto e também querem a CSN fora de VR,,,,,,,,se mudar a cor da grama morrem de fome!!!!

    • Avatar

      o imbecil maior é aquele que acha que o neto fez muita coisa por volta redonda a não ser tentar embelezar a cidade e inaugurar obras mal acabadas pra levar nome antes da posse do seu sucessor. você que nos chama de imbecil deve ter arrumado emprego em uma “diversas empresas que ele trouxe”e também deve ser médico de posto de “saúde que não teve seu salário mexido”, sem contar 20 anos enxugando uma grana na rodovia do contorno, sem dizer na inauguração do hospital regional que não tem um maquinário e nem esta funcionando, mas foi inaugurado. me poupe vocês que puxam o saco do Neto, eu posso ser imbecil, porém é os idiotas que falam bem de algo que não aconteceu em 20 anos de governo, eles fez uma pequena melhorinha aqui e outra ali e os idiotas baba ovo acham que fez muito.

    • Avatar

      Amigo, viaje pelas redondezas, ou melhor, qualquer região do estado, vá por MG também e você irá constatar que a gestão do Neto foi bem acima da média, não sou funcionário federal, estadual ou municipal, nem mefico também, sou somente um cidadão com o IPTU em dia

    • Avatar

      O Neto amigão, fez sim, algumas obras e embelezou a cidade, porém, LOTOU a PMVR de RPA. Chegou a inventar a tal Sub Prefeitura do Retiro para lá alocar seu amiguinho Porreca. Gostaria de lembrar a vc Ferreira, que a metade da cidade foi feita pela CSN Estatal, (acho que vc não sabia disso ) e como disse o Leandro inaugurou Hospital sem estar pronto, ponte na Casa de Pedra idem, e outras obrinhas por ai. Neto é considerado Muito Bom por causa dos Wanildos, Baitazar, etc, .

    • Avatar

      meu amigo Ferreira, me diga então somente uma empresa que o neto durante essas quase 20 anos trouxe para volta redonda para gerar emprego e renda para a população, você como bem disso esta com seu IPTU em dia e esta empregado, e aqueles que não podem pagar seu IPTU porque não tem emprego. meu Pai que é falecido há 11 meses nesta gestão do neto, precisou de ambulância num domingo 06/03/16 e acredite você,só tinha uma atendendo a cidade toda. não sou ingrato pois nos 4 primeiros anos sua gestão o neto tirou um dez, pois até curso de qualificação e capacitação ele deu e até deu passagem, mas e depois porque não continuou? porque ele simplesmente mandou embora a Volkswagen deixando eles irem lá para Bahia? a era Gotardo e depois ele de novo, não fez mais nada em sentido ao desempregado, se fez me diga então uma coisa só?

    • Avatar

      Caro Leandro,

      Duas das maiores geradoras de empregos da região, incluindo Resende, Itatiaia, etc, estão localizadas em Volta Redonda. Aqui vai outra informação, a fabrica de Cimentos da CSN e também a Usina de Aços Longos poderiam estar em qualquer lugar do Brasil, mas estão em Volta Redonda. Podem ter certeza que geram tanto ou mais empregos que qq montadora, dai inclusive minha indignação quando iluminados falam mal da CSN também
      Quanto ao governo do Neto, continuou com a mesma posição, conheço inúmeras cidades que a arrecadação ,édia por habitante é bem maior que aqui e não troco minha cidade…incluvie torço para o atual Prefeito (chega de bla, bla, bla heim!!! papo reto..arregaçar as mangas)

    • Avatar

      VOCÊ SABIA QUE A NISSAN ERA PARA SER INSTALADA EM VOLTA REDONDA? O GORDO NÃO DEIXO. QUERIA SABER O POR QUÊ. FALTOU ACERTO (?). ENTENDA, QUANTO MAIS MEDÍOCRE É O POVO, QUANTO MAIS O POVO ACREDITA EM SEUS GOVERNANTES E QUANTO MAIS APLAUDEM POLÍTICOS VAGABUNDOS, MELHOR PARA ELES. NA REALIDADE, TODOS VISANDO INTERESSES PRÓPRIOS EM DETRIMENTO DO BEM ESTAR DO POVO. POVO? QUE SE DANE. PARODIANDO O PERSONAGEM DE CHICO ANISIO (JUSTO VERÍSSIMO): “EU QUERO QUE O POVO SE EXPLODA. EIS A REALIDADE.

  8. Avatar
    Não tô entendendo nada

    Ainda mais q o prefeito do diálogo q demitiu vários funcionários dá prefeitura pelo telefone, não diretamente o prefeito é sim o seu vice q é o secretário dá smac,será q entrou nessa estatísticas,essa demissões com total falta de respeito ao funcionário

    • Avatar

      Concordo que foram demitidas algumas pessoa. Não estou dizendo que concordo com isso, mais existem várias pessoas que passaram no concurso público da prefeitura, já realizaram os exames e não foram chamados ainda. Espero que o prefeito tenha sensibilidade e chame esses candidatos aprovados para preencher essas vagas.

    • Avatar

      Até que o Samuca demitiu poucos RPA na PMVR. Tem que demitir mais e chamar os concursados. RPA na sua maioria são “amiguinhos da curriola. “. Fora RPA.

  9. Avatar
    PLATÃO, O FILÓSOFO

    O tempo ainda irá nos revelar que o governo Neto foi um governo de puro marketing; tudo era maquiado e escondido, tudo… O tempo é o maior revelador dos fatos!

    • Avatar

      Lembro da matéria do dv dizendo que “apesar da crise Volta Redonda mantém empregos” antes das eleições…eta povinho clubista hein… Agora que mudou o prefeito tudo é guerra, tudo é problema, tudo é negativo… Ta a cada dia mais difícil de ler… (Sem contar os comentários são excluídos pelo moderador quando falam verdades sobre o ex prefeito, e acho q esse será mais um)

  10. Avatar

    EU VOU TE FALAR
    CORRIGINDO!

  11. Avatar

    quando o prefeito era o Neto VR era
    só felicidade o Neto saiu não tem
    um mês vai começar a
    ser ruim ,em vou te falar
    Brasil tá difícil.
    kkkkkkkkk! se o Neto foce o prefeito
    era só alegria conta outra.
    as pesquisas agora vão ser todas
    contrária.

Untitled Document