Volta Redonda: Projeto Vida já enviou 50 toneladas em doações para o Rio Grande do Sul

Bispo Laydson Cruz esteve no estado e explica ações da igreja

by ana Calderone

Parceria da igreja Projeto Vida com a Transporte Generoso já levou 3 carretas com donativos ao RS / Foto: Divulgação

Volta Redonda – A Igreja Projeto Vida de Volta Redonda, em parceria com Transporte Generoso, realizou esta semana a entrega da terceira carreta de doações para o estado do Rio Grande do Sul. O bispo da igreja, Laydson Cruz, esteve no estado como voluntário por uma semana, através da célula do Projeto Vida na região de Novo Hamburgo e Canoas.  A terceira carreta enviada pela igreja tem previsão de chegada à madrugada desta quinta-feira (23), com 20 toneladas de donativos.

A iniciativa faz parte do projeto social ‘Eu Pratico Esperança’, do Projeto Vida, que já atende centenas de famílias e se mobilizou para levar as doações.

De acordo com o bispo, a situação é ainda pior do que o mostrado pela mídia. Ele relata que nem só as pessoas de poder aquisitivo mais baixo precisam de doação, mas toda a população. Ele ainda afirma que até mesmo o governo tem dificuldades de realizar ações de apoio.

“Ficamos uma semana lá, conversamos com pessoas. Cada lugar que você vai, seja para tomar cafezinho, para almoçar ou comprar alguma coisa para ajudar, você encontra alguém que perdeu tudo, ou perdeu alguém que ama muito. São milhares de animais recolhidos, são muitas crianças que estão sem os pais, estão separadas ou perdidas. A gente esteve em Novo Hamburgo e Canoas. Eu ouvi muitas coisas, vi muitas coisas. A gente não viu as ações do governo de forma efetiva. Mas também é o caos, tem muita dificuldade de atuação, é muita gente precisando. Nós fomos levar esperança, alívio, empatia, enfim, enviamos para lá mais de 50 toneladas de donativos”, conta.

Cruz explicou que as postagens no Instagram (@eupraticoesperanca) e as imagens divulgadas pela Igreja são essenciais para a arrecadação de donativos. Para ele, o fato de todos poderem ver o destino dos esforços é o que faz com que as doações continuem.

“Amanhã (quinta) está chegando uma carreta nossa com 20 toneladas lá, a terceira. E tem mais doações dentro da igreja. Enfim, graças a Deus as pessoas estão enviando pra lá, porque viram que a gente é referência, é sério. As cargas chegam a um lugar definido”, disse.

O bispo informou ao DIÁRIO DO VALE alguns dos melhores itens para doação.

“Água é essencial, higiene pessoal também. As pessoas têm mandado muita roupa de calor, não precisa. Se for mandar algum tipo de roupa, é de frio, lá está muito frio. Cobertores, edredons, materiais de limpeza e alimentos são essenciais, porque tem muita gente passando muita necessidade. Precisamos enviar comida rápida para quem não tem fogão, como biscoitos, e alimentos para quem prepara as quentinhas. Falta também comida para os animais, são milhares resgatados”, explicou.

You may also like

1 comment

denilson 23 de maio de 2024, 11:19h - 11:19

50 tonelada ta um pouco grande esse numero foi o ibobe que pesou

Comments are closed.

diário do vale

Rua Simão da Cunha Gago, n° 145
Edifício Maximum – Salas 713 e 714
Aterrado – Volta Redonda – RJ

 (24) 3212-1812 – Atendimento

(24) 99926-5051 – Jornalismo

(24) 99234-8846 – Comercial

(24) 99234-8846 – Assinaturas
.

Image partner – depositphotos

Canal diário do vale

colunas

© 2024 – DIARIO DO VALE. Todos os direitos reservados à Empresa Jornalística Vale do Aço Ltda. –  Jornal fundado em 5 de outubro de 1992 | Site: desde 1996