sábado, 16 de fevereiro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Região / Volta Redonda sedia Encontro de Folia de Reis

Volta Redonda sedia Encontro de Folia de Reis

Matéria publicada em 14 de janeiro de 2019, 10:01 horas

 


15 jornadas da folia se apresentaram neste domingo na Ilha São João

15 jornadas da Folia de Reis se apresentaram neste domingo na Ilha São João (Foto: Divulgação)

Volta Redonda – O domingo foi de muita cultura em Volta Redonda com o XIII Encontro de Folia de Reis. O público foi atraído pela música das apresentações que duraram cerca de 30 minutos cada. Quinze jornadas da cidade se apresentam no palco da Ilha São João.

Para Joacir da Cunha, morador de Volta Redonda, as folias resgatam a cultura popular.

– Desde criança gosto de Folia de Reis. Eu vi na entrada do meu bairro o outdoor falando sobre o evento e vim prestigiar. Eu adoro os versos que são falados. Quando eu morava na roça a folia vinha de madrugada na minha casa. Esse trabalho de incentivo da prefeitura deve continuar, e faz parte da história – disse ele parabenizando o prefeito pelo apoio à cultura.

A secretária de Cultura, Aline Ribeiro, destacou que o encontro tem um grande peso na cultura popular da cidade. Na opinião dela o evento é um dos mais tradicionais da cultura popular.

– Envolve a religiosidade, os costumes e é passado de geração em geração. O que estamos fazendo é apoiar cada vez mais atividades como essa seguindo orientações – contou.

Para Augusto da Silva, da Jornada Sagrada Estrela Divina do Oriente, que participa há anos da Folia de Reis, a parte mais importante é a devoção e a fé para os membros da jornada.

– A folia é importante, pois é uma devoção que levamos a casa das pessoas. Falamos da chegada de Jesus com amor e respeito. Esperamos que a cidade tenha mais jornadas, que colaboram com nossa cultura popular – destacou.

O Afrânio de Oliveira, da Jornada Estrela Brilha da Juventude, acredita que as jornadas levam fé às pessoas.

– A cada dia que passa a folia se torna mais importante pra mim. Anunciamos a fé, através da cultura. Nosso trabalho começa três meses antes das jornadas, e ter o apoio para realizar essas lindas apresentações é muito importante – disse.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document