terça-feira, 11 de dezembro de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Política / Volta Redonda tem parceria com Jucerja para agilizar a abertura de empresas

Volta Redonda tem parceria com Jucerja para agilizar a abertura de empresas

Matéria publicada em 13 de novembro de 2018, 18:50 horas

 


Empreendimentos de baixo risco e baixo impacto poderão ter contrato social, CNPJ e alvará em menos de uma semana

Samuca cumprimenta Luiz Velloso, presidente da Jucerja

 

O presidente da Junta Comercial do Estado do Rio (Jucerja), Luiz Paranhos Velloso, participou nesta terça (13) de um evento sobre desburocratização e integração de procedimentos para a abertura de empresas na cidade. Ele fez uma palestra sobre as medidas que estão sendo tomadas para tornar mais ágil o processo de abertura e oficialização de empresas na cidade.

A Junta Comercial é o órgão responsável pelo registro do contrato social das empresas – que corresponde ao registro civil da pessoa física e é o primeiro passo na constituição de uma empresa. De acordo com Velloso, graças aos procedimentos mais ágeis e ao uso de tecnologia, 88% dos processos são concluídos em até 48 horas, e quase a metade (46%) fica pronta em menos de 24 horas.

— Nesse período, a empresa já tem seu contrato registrado, com os números de inscrição estadual e de CNPJ — afirma o presidente da Jucerja.

A mesma agilidade que é aplicada aos registros iniciais também serve para as alterações contratuais, que são os registros de abertura ou fechamento de filiais, mudança de valor do capital social, entrada, saída ou mudança no número de cotas possuídas por sócios e outras mudanças. Essas alterações, segundo  Velloso, são importantes porque, além de implicarem mudanças nas estruturas das empresas, representam uma parcela maior do movimento da Jucerja do que os registros de contratos sociais.

A Rede de Agentes, que conta com nove representantes da prefeitura de Volta Redonda, tem o objetivo de promover as condições favoráveis e fortalecer um ambiente propício ao desenvolvimento sustentável na região. O resultado é a atração de mais empresas, fomentando as já existentes e com isso gerando  mais empregos.

Alvará

Depois que a empresa consegue o registro na Jucerja, vem a obtenção do alvará, responsabilidade da prefeitura. Nessa fase, são avaliadas questões ambientais e de segurança. Nos casos de empreendimentos de baixo risco e baixo impacto ambiental, o alvará sai em até 72 horas, porque a prefeitura adotou o Regin, um sistema informatizado em que a prefeitura recebe a sinalização do registro na Jucerja e começa imediatamente os procedimentos para emitir o alvará.

Mesmo em casos de empresas que envolvam riscos e impactos ambientais, a integração com os órgãos competentes ajuda a acelerar o processo de emissão do alvará, o que torna a cidade mais “amigável” para empreendimentos.

Desafios

O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Joselito Magalhães, disse que a implantação do Shopping Park Sul foi um desafio de agilidade: “foram mais de 100 alvarás para lojas que precisaram ser emitidos no prazo correto para não prejudicar o início do funcionamento”, lembrou, destacando que, nos próximos meses, outro desafio será colocado: o licenciamento das oito indústrias que farão parte do Complexo Metalmecânico: “alvarás para indústrias são muito mais complexos do que para estabelecimentos comerciais, mas estamos preparados para fazer tudo o que for necessário de forma ágil, ao mesmo tempo em que respeitamos todos os requisitos de segurança”, conclui.

Importância   

Para o prefeito Samuca Silva, com esse evento, Volta Redonda mostra para todos os empreendedores que eles são bem vindos ao município e que, a partir dessa melhoria do ambiente de negócio, é possível trazer empresas, gerar emprego e renda.

“É a hora propormos ferramentas visando à desburocratização. Volta Redonda está num momento muito importante nessa questão de atrair novas empresas. Tenho conversado muito com os empresários e o melhor retorno que temos é em relação a facilidade da implementação em abrir seus negócios no nosso município”, disse o prefeito de Volta Redonda.

Luiz Velloso, falou da importância do dinamismo econômico que Volta Redonda apresenta em todo o estado do Rio.

“É uma honra estar aqui e ser recebido pelo Samuca, um prefeito jovem e empreendedor. Procuramos ajudar os agentes que fazem parte desse processo de desenvolvimento que tem um papel muito importante nesse quesito. Todos os órgãos que fazem parte desse processo de integração precisam ter na Jucerja um sistema confiável, ágil e seguro, e isso estamos fazendo aqui e em todos as cidades do Estado”, explicou Velloso.

O Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico, Joselito Magalhães destacou que a melhora do ambiente de negócios favorece a geração de empregos. “Aqui estamos expandindo, com todos os municípios do Médio Paraíba, as boas praticas de desburocratização na abertura de empresas no município de Volta Redonda e que tem gerado um ganho na geração de emprego”, disse Joselito.

No evento foi destacada a importância das cidades estarem, cada dia mais, integradas e num avançado nível de desburocratização. Representando Resende, a assessora executiva da secretaria de indústria, comercio e turismo, Yara Puello disse que eles tiveram três agentes de desenvolvimento nomeados no município.

“Trouxemos um processo muito interessante de desburocratização e desenvolvimento com avaliação desses agentes e a criação da rede. A gente tem trocado informações sobre a importância em facilitar a abertura de empresas na cidade”, pontuou.

Presenças

Representantes de outras cidades, como Itatiaia, Rio Claro e Pinheiral, além do prefeito de Quatis Bruno, também estiveram no encontro a aprovaram a iniciativa da Jucerja. Fazem parte da Rede de Agentes (Volta Redonda, Barra Mansa, Barra do Piraí, Porto Real, Resende e Vassouras) .


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Um comentário

  1. A pergunta que não quer calar

    E as 2 montadoras interessadas em vir para região?
    Que foi anunciado no hotel Bela Vista e publicado…
    Em que pé anda?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document