VR estará representada nos Jogos Olímpicos nesta madrugada - Diário do Vale
segunda-feira, 27 de setembro de 2021 - 17:21 h

TEMPO REAL

 

Capa / Tempo Real / VR estará representada nos Jogos Olímpicos nesta madrugada

VR estará representada nos Jogos Olímpicos nesta madrugada

Matéria publicada em 23 de julho de 2021, 14:58 horas

 


Ginasta Caio Souza inicia sua busca por medalhas neste sábado, às 2h30 (de Brasília), no Ariake Gymnastics Centre

Caio Souza e suas medalhas conquistadas no último Pan de Ginástica – Foto:Ricardo Bufolin

Tóquio, Japão/Volta Redonda – Um dos nomes mais promissores da ginástica artística brasileira da atualidade saiu de Volta Redonda. O atleta Caio Souza, de 27 anos, inicia sua trajetória nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 na madrugada deste sábado, dia 24, às 02h30, pelo horário de Brasília. A Seleção Brasileira masculina compete no qualificatório em busca de uma vaga na final por equipes.

Depois de ficar na reserva do Time Brasil na Rio 2016, Caio que é campeão pan-americano no individual geral, com 5 medalhas de ouro e bronze na Copa do Mundo da modalidade, no Catar, estreia em Tóquio com a missão de tentando ajudar a equipe masculina a fazer história novamente, assim como foi há quatro anos. O ginasta defenderá a equipe masculina e tentará vaga nas finais em todos os aparelhos juntamente com Chico Barreto, Diogo Soares e Arthur Nory. Campeão olímpico, Arthur Zanetti focará só nas argolas e fica de reserva imediato do time brasileiro.

– O sentimento é de realização. Assim que acabaram os Jogos Olímpicos do Rio 2016, eu coloquei na cabeça que estaria nos Jogos de Tóquio e trabalhei duro para isso. Eu fico com a realização de que todo o esforço e trabalho valeram a pena. Mas, agora é continuar o trabalho, porque a convocação é só o início e eu quero mais – afirmou o ginasta.

Caio começou cedo no esporte, mas antes de se tornar ginasta, foi influenciado pelo irmão mais velho a lutar caratê. Pela pouca estatura e para a sorte do Brasil, não deu certo. Aos 03 anos, aconselhado a buscar outro esporte, foi matriculado, pelos pais, na escolinha de ginástica artística da cidade, onde treinou até os 07 anos, antes de se transferir para o Flamengo. Em 2013, se mudou para São Bernardo do Campo (SP), onde treinou até o ano passado. Neste ano o ginasta acertou sua contratação com o Minas Tênis Clube.

– O Minas me ofereceu toda a estrutura de ginásio, nutrição e profissionais capacitados, mas também me ajudou em outras situações. Eu treinava em São Bernardo do Campo, no interior de São Paulo, e eu não tinha um clube e nem projeção, já que treinava pela Prefeitura, então o Minas veio e me abraçou. Com toda a certeza, eu estou chegando muito melhor preparado nas Olimpíadas por conta do Minas – disse.

Atualmente Caio é considerado o melhor generalista do país, o ginasta de 1,64 metros coleciona vários títulos nacionais e internacionais, como o ouro na barra fixa na etapa de Varna da Copa do Mundo de 2017 e os títulos por equipe e na barra fixa no Sul-americano de Cochabamba, em 2018. Nos Jogos Pan-americanos de Toronto, em 2015, Caio foi medalhista de prata por equipes e bronze no individual geral. No Campeonato Mundial do mesmo ano, disputado na China, esteve presente na equipe que conseguiu a inédita classificação do Brasil para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

No mundial de 2017, o ginasta conseguiu a sua primeira final individual e terminou como 15º melhor ginasta do planeta. Na edição seguinte, em Doha, no Catar, Caio avançou para três finais: por equipes, terminando em 7º lugar; no salto, onde foi o 8° colocado; e no individual geral, que foi o 13º do mundo. Em 2019, conquistou resultados mais expressivos. No Pan-americano de Lima, no Peru, Caio foi campeão com a equipe e medalhista de prata nas barras paralelas. Além disso, foi medalhista de ouro no individual geral, tornando-se o ginasta mais completo do continente e o primeiro brasileiro a chegar a esse posto. O atleta participou do Mundial de 2019, ajudando a equipe brasileira a garantir a vaga nos Jogos Olímpicos de Tóquio.

Caio Souza competindo nas argolas – Foto: Ricardo Bufolin

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document