VR recebe espetáculo ‘Cosmogonia Africana – a Visão de Mundo do Povo Iorubá’

Evento é gratuito e acontece no Teatro da Fevre neste sábado (8) e domingo (9)

by Lívia Nascimento

Foto: Márcio Nobre

Volta Redonda – Há sete anos ocupando os palcos do Rio de Janeiro, o espetáculo de dança afro ‘Cosmogonia Africana – A Visão de Mundo do Povo Iorubá’ entra em cartaz pela primeira vez em Volta Redonda, no Teatro Maestro Franklin Junior, o Teatro da Fevre, no bairro Laranjal. As apresentações acontecem sábado e domingo, dias 8 e 9 de junho, às 19h, com ingressos gratuitos e classificação livre.

Sucesso de bilheteria pelo ineditismo em mostrar uma versão africana para o mito da criação do universo, ao som de tambores tocados por quatro músicos que representam os ogans dos tradicionais terreiros de Candomblé no Brasil, o grupo artístico Tambor de Cumba, liderado por Aninha Catão e composto por mais sete bailarinos, retratam não só como as primeiras formas de vida surgiram a partir de elementos primordiais da natureza: o fogo, a terra, a água e o ar, como também as divindades iorubás, os orixás.

“A grande importância de assistir o ‘Cosmogonia Africana – A Visão de Mundo do Povo Iorubá’  é essa oportunidade de aprender sobre a história ancestral dos africanos escravizados aqui no Brasil. Esta é a chance de conhecer um pouco sobre nós mesmos, a nossa origem e a nossa cultura. Então, o espetáculo tem o papel de evidenciar a existência de uma riqueza cultural magnífica, no Brasil, herdada do continente africano, em especial, do povo iorubá. Este espetáculo tem alcançado o público da forma mais democrática possível, por meio da gestualidade mitológica, não apenas entretendo-o, como também informando. Também propomos a desconstrução da marginalização da cultura negra, destacando o protagonismo do negro e das suas formas de recriar a sua própria existência, com símbolos, formas e reconhecimento”, disse Aninha Catão.

Os gestuais e danças apresentadas pelos artistas, assim como o canto em iorubá, são pontos que se interligam em diferentes momentos do espetáculo. Com uma equipe de artistas pretos o projeto tem a finalidade de combater o racismo tendo o cenário cultural e didático como aliados nesta causa.

Além do espetáculo, o grupo artístico Tambor de Cumba também realiza no sábado (8), às 10h e 11h, respectivamente, a Palestra Cosmogonia Africana e a Oficina de Dança Afro. A entrada será a doação de 1kg de alimento não perecível.

Serviço:

Cosmogonia Africana – A Visão de Mundo do Povo Iorubá

Entrada: Gratuita + 1kg de alimento não perecível
Local: Teatro Maestro Franklin Junior
Endereço: Rua 154, n° 783 – Laranjal, Volta Redonda
Telefone: (21) 99014-8487
Datas: 8 e 9 de junho
Horário:  19h
Classificação: Livre

You may also like

Leave a Comment

diário do vale

Rua Simão da Cunha Gago, n° 145
Edifício Maximum – Salas 713 e 714
Aterrado – Volta Redonda – RJ

 (24) 3212-1812 – Atendimento

(24) 99926-5051 – Jornalismo

(24) 99234-8846 – Comercial

(24) 99234-8846 – Assinaturas
.

Image partner – depositphotos

Canal diário do vale

colunas

© 2024 – DIARIO DO VALE. Todos os direitos reservados à Empresa Jornalística Vale do Aço Ltda. –  Jornal fundado em 5 de outubro de 1992 | Site: desde 1996