domingo, 17 de outubro de 2021 - 18:40 h

TEMPO REAL

 

Capa / Tempo Real / Justiça mantém prisão preventiva de quarteto flagrado com animais silvestres em Porto Real

Justiça mantém prisão preventiva de quarteto flagrado com animais silvestres em Porto Real

Matéria publicada em 19 de julho de 2021, 12:51 horas

 


Aproximadamente 300 animais foram encontrados dentro de dois veículos, na altura do km 293 da Dutra, durante operação na sexta-feira, dia 16

Sul Fluminense – Agentes da Polícia Rodoviária Federal divulgaram, nesta segunda-feira, dia 19, que o quarteto flagrado transportando aproximadamente 300 animais, de diversas espécies da fauna brasileira, durante operação conjunta entre a PRF e a Delegacia Especializada em Proteção ao Meio Ambiente (DPMA) da Polícia Civil, na noite de sexta-feira (16), em Porto Real, teve, durante audiência de custódia, a prisão em flagrante convertida em prisão preventiva.

Os envolvidos – dois homens de 34 e 21 anos, e duas mulheres de 24 e 21 anos – foram parados na altura do km 293 da Dutra, enquanto seguiam de São Paulo para o Rio de Janeiro, com todos animais, dentro de um Chevrolet/Ónix Plus e um Hyundai/HB 20.

Um agente da PRF comentou sobre a decisão. “Muito bom saber que foi dada esta decisão na esfera judicial, pois muitas vezes, quando se trata de crime ambiental, os réus costumam ser liberados para responder o processo em liberdade”, disse.

 

Os animais foram encaminhado ao Centro de Triagem de Animais Silvestres (CETAS) de Seropédica (Foto: PRF)

 

Os animais foram encaminhado ao Centro de Triagem de Animais Silvestres (CETAS) de Seropédica (Foto: PRF)

 

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document