>
segunda-feira, 4 de julho de 2022 - 02:36 h

TEMPO REAL

 

Capa / Tempo Real / MPRJ é contra reabertura imediata do comércio em Volta Redonda

MPRJ é contra reabertura imediata do comércio em Volta Redonda

Matéria publicada em 8 de julho de 2020, 17:35 horas

 


Retorno à flexibilização deve acontecer a partir do próximo domingo, dia 12

Volta Redonda – O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro emitiu uma recomendação contrária a reabertura das atividades econômicas na cidade de forma imediata, seguindo assim a decisão judicial em vigor até o próximo sábado, dia 11. A decisão foi informada em resposta a pedido da prefeitura, que foi feito após a cidade viabilizar a abertura de mais dez leitos de UTI/CTI. Com isso, as atividades econômicas retornam no município a partir de domingo, dia 12.

As atividades econômicas, com exceção às essenciais, foram fechadas diante de uma das metas condicionantes para a reabertura ter sido extrapolada. É que o município passou de 50% de ocupação dos leitos de UTI/CTI destinadas para tratamento da Covid-19.

Nesta quarta-feira, dia 8, o município conseguiu autorização para voltar a regular pacientes para o Hospital Regional Zilda Arns. Oito pacientes – sendo quatro de UTI e quatro de média complexidade – serão transferidos para a unidade. Com isso, Volta Redonda fica com ocupação de leitos de UTI na rede pública de cerca de 40%.

“Apesar da recomendação contrária a reabertura imediata, a volta da regulação de pacientes e o aumento da capacidade de atendimento a população nos dá a previsão de reabertura para o domingo. E, principalmente, a garantia que nossa população terá atendimento, caso seja necessário”, destacou o prefeito Samuca.

Na cidade, há uma decisão judicial que impede a reabertura das atividades, onde o autor é o Ministério Público. O retorno do comércio só foi possível através de um acordo judicial, que previa seis eixos de monitoramento: a ocupação dos leitos de UTI não ultrapassar 50%; a ocupação dos leitos do Hospital de Campanha não passar de 60%; o número de casos suspeitos não aumentar mais de 5% por três dias seguidos; o uso obrigatório de máscaras; proibido qualquer aglomeração; e grupo de risco permanecer em isolamento.

O prefeito Samuca Silva explicou que o município aumentou a capacidade de atendimento a população e que o comércio e demais atividades ficaram abertos por 50 dias.

“Aumentamos de 19 para 27 leitos de UTI para atendimento de Covid-19. Isso nos permitiu garantir o comércio aberto por mais de 50 dias. Vemos cidades do tamanho de Volta Redonda que ainda não retornaram as suas atividades. Algumas outras estão fechando novamente. Agora, estamos ampliando o número de leitos para que possamos retomar as atividades no próximo domingo”, disse Samuca. A cidade conta atualmente com 57 leitos de UTI no total, sendo que 37 desses estão destinados exclusivamente a pacientes de Covid-19. Dez desses leitos foram emprestados pelo Hinja, sem ônus para o município.

Samuca destacou que a cidade está conseguindo controlar o vírus, tendo em vista que Volta Redonda já foi um dos municípios com maior número de casos para cada 100 mil habitantes.

“Tomamos diversas medidas de proteção e, com a ajuda da população, conseguimos superar e controlar o vírus. Agora vamos iniciar um tratamento para casos leves, que vai nos ajudar a evitar mais ocupações de leitos. Podem me cobrar tudo, menos omissão em salvar vidas. É isso que buscamos. Com controle, vamos retomar as atividades econômicas”, disse.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

26 comentários

  1. Effeh Benjamin Klain

    A maravilha de ser um “deus” no Judiciário… com vários amigos já postaram, o deles está garantido, abrindo ou não, em casa no “Romi Ofici”, justo seria se os vencimentos destes fossem cortados em 50% para poder colaborar com o combate ao COVID19, medida que deveria alcançar a TODOS do judiciário, inclusive os que ficam lá no Olimpo em Brasília. Eu particularmente já precisei do MPRJ e senti na pele a ineficiência da demanda que eu tinha, fui 10 vezes para falar com uma procuradora aqui em Volta Redonda e SOMENTE uma vez eu a encontrei no gabinete dela, as outras nove, bem… a resposta era… ela ainda não chegou… já deve estar chegando… estranhamente sempre por volta das 15:30 h….

    • Tudo concursado, ai é muitl facil mandar fechat tudo e qie se dane o comerciante, ndependente do que acontecer o dinheirão estará na conta no final do mês !!!!

  2. O MP está correto O número de mortos e contaminados só vem aumentando. Aqui o critério é o numero de leitos de UTI. Onde já se viu isso??? Aqui, a lógica é esperar que a pessoa seja contaminada para ir pra UTI, chega a dar vergonha pelo desprezo a vida. Nos países civilizados, os governos faziam testes em massa e a quarentena obrigatória dos contaminados e familiares. Aqui nem ministro da Saúde temos, cada cidade e estado cria critérios próprios muitas vezes sem fundamentos científicos. Uma coisa é certa, o vírus não conhece limites demográficos.

  3. Conte-nos uma novidade…

  4. O grande azar desse gestor do Qatar foi ele comprar dois hospitais que são elefantes brancos, ninguém usa nem São Camilo e nem Santa Margarida e vem uma pandemia pra provar que as compras foram pra transferir dinheiro público às famílias donas dos prédios.
    Ficou nervoso com Dário por quê? Não pode responder que pagou por hospital que em tempo de pandemia não tem pacientes.
    Explique os hospitais Santa Margarida e do Idoso (São Camilo) e a plataforma de educação que também não funciona.

  5. Será que o Samuca não tem nenhuma consultoria médica, falar que o vírus está controlada é ignorância, em nenhum lugar do mundo está controlando, no máximo controlasse a contaminação através do controle da agromeração, que nem isso está conseguindo, prova é o comércio fechado devido ao aumento de casos.

  6. o salário do pessoal do MP (funcionários do estado) está garantido né

  7. Quando falo que este prefeito nao e bom da cabeça ele fecha o comercio e abre zoologico. Ta na cara que de birra com a cdl e com os comerciantes

  8. Parabéns, Samuca! A prioridade são vidas. Quem defende o contrário ainda não sentiu na pele o que é perder um pai, uma mãe, um avô ou avó ou um ente querido. Frouxo mesmo é o Bolsonaro e os militares come-dorme que preferem se acovardar e lavar as mãos do que salvar vidas, pois dá trabalho e requer responsabilidade.

    • SEU ZÉ MANÉ , VOCE NÃO TEM COMERCIO NEM LOJA, VOCE DEVE TER SEU SALARIO PINGADO NA SUA CONTA É POR ISTO QUE VOCE VEM AQUI SE LEVANTAR CONTRA OS QUE PRECISAM TRABALHAR PARA GANHAR O SEU PÃO E SUSTENTAR SUA FAMILIA, MUITOS TEM SUICIDADO E OUTROS ESTÃO EM DEPRESSÃO, VOU LEVAR MINHAS CONTAS PARA VOCE PAGAR,

    • Fica quieto boca aberta .
      Envolver Bolsonaro nessa conversa pra que ?
      Luladrão é seu patrão com certeza.

    • Vidas se perdem com desemprego, fome, falta de arrecadação e crime também, fofinho! Fique em casa quem pode ficar! Quando a economia quebrar o dinheiro dos encostados e parasitas, como deve ser seu caso, também vão parar de chegar!

  9. Com salário em dia e na conta é fácil né MP.

  10. Samuca é frouxo , onde se viu judiciario mandar numa cidade, prefeito frouxo

    • Depois que o Samuca desobedecer o judiciário você leva uma maçã para ele lá na cadeia.

    • SERGIO MAGALHAES JUNIOR

      Simples saber o Óbvio, tudo politicagem , está chegando as eleições e o partido do Samuca quer mostrar serviço, o.problema vai ser aumentar as mortes e aí, quem vai ser responsabilizado?

  11. Ministerio so se mete onde nao deve e la tem gebte comunada com gov do estado e muitos prefeitos o que eles deviam se meter que e ver pra onde foi empregado o dinheiro que foi mandado para comprar respiradores e etc isso ekes nao estao nen ai tudo faribha do mesmo saco

  12. O ministério público e a justiça colocaram um cabresto no prefeito.

    Era pra a procuradoria do município entrar com uma ação no STF para tirar o município das mãos desses pulhas.

  13. Este ministerio publico so se mete onde nao deve nunca ajuda em nada mesmo pessoal de la e dirigido pelo outro farsante dominado pelo witsel

  14. Então não precisamos mais eleições! O Ministério Público já pode gerir a cidade, sem o gasto absurdo com o pleito! Para que serve essa marionete do judiciário aí no palácio 17 de julho? Para ajudar a destruir a cidade? Prego a desobediência civil! Chega! Temos que peitar esses burocratas!

    • Tem que peitar mesmo. O povo quer trabalhar, quem tem o seu salário todo mês, fica em casa. Só não pode é quebrar o comércio. Estou vendo vários comércios que fecharam suas portas, por causa dessa politicagem…. quem paga sempre é o povo….acorda prefeito!!

  15. Esse MPRJ não tem mais o que fazer? Fica se metendo na administração de Volta Redonda. Não quero ficar desempregada. Vcs estão com seus salários em dia né! Deixa o comércio abrir

  16. E a decisão do STF em março ( que no caso passou por cima do Legislativo), que autorizava os Governadores e prefeitos de fecharem ou abrirem suas respectivas cidades ?

  17. Algum chargista poderia fazer um desenho mostrando um janota esquerdista (o MPRJ) conversando com um almofadinha empolado (o Judiciário) enquanto segura o Samuca preso numa coleira…

Untitled Document