quinta-feira, 2 de dezembro de 2021 - 16:36 h

TEMPO REAL

 

Capa / Região / Volta Redonda tem 40 famílias desalojadas e 8 desabrigadas

Volta Redonda tem 40 famílias desalojadas e 8 desabrigadas

Matéria publicada em 8 de abril de 2019, 19:44 horas

 


Defesa civil informou que até o momento, 30 casas foram interditadasas

Volta Redonda- A prefeitura municipal de Volta Redonda divulgou na noite desta segunda-feira (08), um balanço geral dos transtornos que a chuva casou. De acordo com a secretaria de Saúde, das seis pessoas, que foram atendidas no Hospital São João Batista, quatro já foram liberadas, voltaram para casa e duas continuam em observação, sem risco. Todas as unidades, postos e hospitais, estão funcionando normalmente, sem problemas de atendimento.

De acordo o Saae, o serviço de abastecimento de água já foi normalizado. Aproximadamente 60 viagens de caminhões pipa foram realizadas entre hospitais, escolas, creches e demais instituições que precisam de prioridade.

Já a secretaria municipal de Ação Comunitária informou que aproximadamente 40 famílias desalojadas, oito desabrigadas e todas sendo assistidas pela secretaria.

A secretaria de Educação informou que as escolas com expectativa de retorno a normalidade até o final dessa semana: E.M Ayrton Sena / Creche Gotinhas de Amor /E.M. João Hassis / E.M Pará. Todas demais unidades voltam à normalidade nesta terça-feira, dia 09;

A secretaria de Infraestrutura divulgou que 1.300 toneladas de lama e entulhos foram recolhidas das ruas, por 50 caminhões, só nesta segunda feira, dia 08. Mais de 30 ruas foram desobstruídas; 600 profissionais atuando nas ruas; as Avenidas Belmonte, no bairro Belmonte, Avenida Mantiqueira, no bairro Retiro e a Rua Doutor Paulo Gama, no bairro Eucaliptal seguem interditadas e devem ser liberadas nessa terça feira.  Previsão de normalidade de toda a cidade e de até uma semana

Já a secretaria municipal de Esporte e Lazer informou que os ginásios que não foram afetados pela chuva estão servindo de apoio para os desabrigados. Por enquanto, as atividades estão suspensas.

A secretaria de Transporte Mobilidade Urbana informou que a Rua Vereador Audilio Carvalho França, no bairro Ponte Alta está funcionando em mão dupla devido às quedas de barreiras e encostas.

Defesa civil informou que até o momento, 30 casas foram interditadas.

A secretaria municipal de Cultura disse que dois espaços culturais foram seriamente afetados: O Memorial Zumbi e a Praça CEU, no Bairro Vila Rica. A equipe da SMC passou o dia todo realizando a manutenção necessária.

A secretaria municipal de Meio Ambiente disse que o Zoológico continua fechado até a próxima quinta-feira, dia 11.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

2 comentários

  1. Pode informar quando o abastecimento de água no bairro São Sebastião vai voltar ao norma?l

  2. Acorda Samuca. Choveu 169 mm em 4 horas. Isso equivale a 169 litros de água por metro quadrado. Quem salvou a cidade foi o terreno do Aero que tem 1 Km2 e absorveu 169.000.000 litros de água e que não inundou milhares de residências. Já passou da hora de implantar um parque no local para a CSN pagar a dívida ambiental que tem com a cidade. Impermeabilizar a área com edificações e ruas será um crime ambiental que trará consequencias eternas para cidade

Untitled Document