Preso em Volta Redonda casal suspeito de roubar casa lotérica em Barra do Piraí - Diário do Vale
segunda-feira, 27 de setembro de 2021 - 15:55 h

TEMPO REAL

 

Capa / Tempo Real / Preso em Volta Redonda casal suspeito de roubar casa lotérica em Barra do Piraí

Preso em Volta Redonda casal suspeito de roubar casa lotérica em Barra do Piraí

Matéria publicada em 3 de agosto de 2021, 14:12 horas

 


Mulher era funcionária do estabelecimento comercial e teria combinado o crime com o namorado

Entre os bens adquiridos estão relógios de luxo, aparelhos de telefone celular e um carro – Foto: Divulgação

Sul Fluminense –  Um ação conjunta entre policiais da 88ª DP e 93ª DP  resultou na prisão de um casal de namorados suspeito de roubar R$ 164 mil,  no dia 15 de junho deste ano, de  uma casa lotérica, no distrito da Califórnia, em Barra do Piraí. As prisões foram realizadas, na  manhã desta terça-feira, dia 2,  nos bairros Belo Horizonte e Água Limpa, em Volta Redonda.

O delegado titular da 88ª DP (Barra do Piraí),  Rodolfo Atala, disse que as investigações revelaram que,  a mulher, de 25 anos, era funcionária da casa lotérica e  teria sido a mentora do crime, que teve a participação do namorado, de 35 anos.  O policial explicou que durante o assalto, a mulher estava trabalhando na casa lotérica, onde simulou que estava sendo dominada pelo ladrão, que era o namorado dela.

Ela ainda compareceu à Delegacia de Barra do Piraí, onde prestou depoimento como vítima de assalto. Na ocasião, um policial civil da 88ª DP desconfiou da atitude da mulher, no dia do depoimento e passou a monitora-la, culminando com sua prisão.

-O maior recurso de Polícia Civil é o recurso humano.  No dia do assalto à casa lotérica, entre várias pessoas que prestaram depoimento na delegacia, o policial plantonista apontou  então a funcionária como a mentora intelectual do roubo. A partir daí as investigações  começaram e confirmaram o “tirocínio” do policial civil – relatou o delegado.

Atala disse  que após o roubo,  o casal passou a ter uma vida de luxo, chegando a ficar hospedado em um hotel de alto padrão no bairro do Leblon, no Rio.

– Em uma de suas viagens, o casal  ficou hospedado no hotel carioca, onde a diária chaga a custar  R$ 1,5 mil. No hotel, os eles também gastaram dinheiro com o serviço de quarto. O casal passou a viver uma “lua de mel”, realizou viagens, frequentou restaurantes caros, além de comprar relógios de marca e um carro – disse o delegado, que divulgou imagens do crime e teve acesso a vídeos do casal no hotel de luxo.

Atala indiciou os suspeitos no crime de roubo, cuja pena pode chegar a 15 anos reclusão. O casal será transferido pera o sistema penitenciário do Estado do Rio de Janeiro, onde ficará à disposição da Justiça de Barra do Piraí.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

3 comentários

  1. Gente: A Califórnia não é Barra do Piraí . É um distrito ligado a volta redonda e que tem sua mancha geográfica ligado a volta redonda .

  2. Vai ser burro assim no inferno,vai pra hotel 5 estrelas de bermuda e chinelo com pé todo rachado,só ladrão mesmo

    • Comentário idiota e preconceituoso

      Qualquer milionário pode por um short , uma sandália e entrar como anônimo em um hotel desses

      Você pelo jeito faz parte da tal ” massa cheirosa “

Untitled Document