segunda-feira, 6 de dezembro de 2021 - 20:03 h

TEMPO REAL

 

Capa / Última notícia / Vereadores montam bloco de oposição

Vereadores montam bloco de oposição

Matéria publicada em 5 de outubro de 2015, 21:55 horas

 


Pré-candidatos declarados, Luiz Furlani e Rodrigo Drable anunciam que vão se unir para combater ações do Executivo

Juntos: Rodrigo Drable e Luiz Furlani se unem em bloco de oposição que, segundo eles, está desligado da questão eleitoral

Juntos: Rodrigo Drable e Luiz Furlani se unem em bloco de oposição que, segundo eles, está desligado da questão eleitoral

Barra Mansa –  Os vereadores Rodrigo Drable (PMDB) e Luiz Furlani (PSDC) anunciaram nesta segunda (05) que vão formar um bloco de oposição ao prefeito Jonas Marins (PC do B) na Câmara Municipal de Barra Mansa. Drable, que é opositor de Jonas desde o início da legislatura, afirmou que vem enfrentando dificuldades sozinho desde 2013, e que a união vem fortalecer sua atuação. Já Furlani, que fazia parte do bloco de apoio ao governo, disse ter mudado de posição: “Vi muita coisa que, só de olhar sei que estão erradas. Pela primeira vez, estou me declarando como oposição ao governo”, afirmou.

Tanto Drable quanto Furlani já se declararam pré-candidatos a prefeito no ano que vem. Rodrigo teve sua candidatura confirmada pela direção estadual do PMDB, enquanto Luiz Furlani fala em sair do PSDC e ainda busca uma legenda – com a publicação da reforma política no Diário Oficial da União em 30 de setembro, ele tem até seis meses antes da eleição para se filiar a outra legenda. Ambos afirmam que são os únicos parlamentares declaradamente de oposição na Câmara Municipal de Barra Mansa.

Eles pretendem atrair mais vereadores para o bloco de oposição, e afirmaram que pretendem mostrar, nas redes sociais, a forma como cada parlamentar se manifesta em relação ao governo. Quatro dos outros vereadores já estariam conversando com a dupla.

— Quem estiver a favor da população de Barra Mansa, estará conosco. Quem estiver a favor do prefeito, estará contra a população — disse Furlani, acrescentando que, quando tiver denúncias contra a prefeitura, as apresentará ao Ministério Público e depois apresentará na Câmara.

A dupla também não falou de possíveis alianças. Eles afirmaram que não discutiram ainda qualquer parceria eleitoral visando a 2016: “O propósito desta união não é eleitoral. Somos vereadores antes de sermos pré-candidatos”, disseram.

Críticas incluem tarifa de água e contas da prefeitura

Os dois vereadores concentraram suas críticas ao governo municipal na questão do aumento das contas de água e na situação financeira da prefeitura. Além disso, eles mencionaram a questão da Haztec, que administra o aterro sanitário do município, as contas das autarquias e os aluguéis de carros da prefeitura. O DIÁRIO DO VALE ouviu o prefeito sobre as críticas feitas por seus opositores.

Rodrigo Drable afirmou que pretende criar uma Comissão parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar a questão do aumento da tarifa, que foi revogado pelo Saae-BM depois de, segundo o prefeito e nota oficial da autarquia, ter sido descoberto que houve um erro de sistema que provocou aumentos maiores nas contas de determinadas faixas de consumo.

— A justificativa de erro de sistema foi dada de má-fé e é uma mentira — afirmou Rodrigo Drable, acrescentando que vai convocar todo o conselho do Saae-BM para a audiência pública marcada para 15 de outubro.

O prefeito Jonas Marins afirmou que o que houve foi realmente um erro no sistema que emite as contas: “Como já foi dito, esse erro já foi descoberto e corrigido. Quem pagou a mais terá desconto nas próximas contas. Foi uma falha que admitimos e que já foi corrigida”, disse o prefeito.

Sobre as contas da prefeitura, Rodrigo afirmou que a cidade deve terminar o ano com um déficit de R$ 178 milhões. Ele calcula ainda que, em 2016, o saldo negativo crescerá tanto que será maior do que toda a arrecadação da prefeitura em 2017: “Seja quem for o prefeito, ele não terá nem o suficiente para pagar as dívidas”, declarou.

O prefeito afirmou que os cálculos de Rodrigo Drable são exagerados: “A prefeitura está realmente em dificuldades financeiras, mas o problema é sanável com as medidas que estamos adotando. Eles estão antecipando o processo eleitoral”, disse o prefeito, acrescentando que, dos R$ 43 milhões de restos a pagar que herdou de seu antecessor, só faltam R$ 3 milhões.

Sobre a questão da Haztec, Rodrigo afirmou que, quando o aterro sanitário foi construído, a intenção era que, à medida em que outros municípios e empresas privadas fossem passando a usar os serviços da empresa, o valor pago pela Prefeitura de Barra Mansa diminuiria, o que, segundo ele, não estaria ocorrendo.

Jonas afirmou que, ao contrário do que o vereador afirma, o valor pago pela prefeitura já caiu: “Estamos pagando muito menos à Haztec agora. Ocorreu o que estava previsto no contrato”, disse.

Furlani e Drable afirmaram ainda que a prefeitura teria adquirido diversos carros que alugou, depois de pagar o aluguel durante mais de um ano. Jonas negou: “Simplesmente devolvemos os carros. Não os compramos e não estamos mais pagando o aluguel. Só o Saae-BM tem alguns carros alugados, e existem outros que têm o aluguel pago por verbas destinadas pelos governo federal e estadual especialmente para isso. Esses veículos são necessários e, além disso, esse dinheiro não pode ser usado para outra coisa”.

Sobre as contas do Saae-BM e da Susesp, que, segundo Rodrigo Drable e Luiz Furlani, seriam uma “caixa-preta”, o prefeito afirmou que, conforme manda a lei, os balanços das autarquias são regularmente enviados à Câmara Municipal: “Não há nada de misterioso nessas contas. Elas estão abertas e todos podem verificá-las”, concluiu.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

7 comentários

  1. Quando o político fala que é para a melhoria do povo,desconfie porque são todos da mesma raça…E ruim!!!!Todos só querem o poder e encher sues bolsos e empregar parentes.Bandos e quadrilha!

  2. gostaria de saber porque os moradores de barra mansa, que sao abastecidos com agua que vem de volta redonda, como regiao leste, tem de pagar 100 % a mais que os moradores de volta redonda ? barra mansa ganho o dobro so para distribuir a agua, isto é um roubo, os moradores deveriam prucurar saber qual o valor do m3 de agua em volta redonda.
    o SSAE ganha muito para prestar um serviço de má qualidade.

  3. REALMENTE ESTAMOS SEM OPÇÃO EM BARRA MANSA…..VERDADEIRA SINUCA DE BICO.

    CERTEZA SÓ UMA MINHA GENTE: JONAS MARINS NUNCA MAIS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ONTEM MESMO NA FILA ENORME DO BANCO, ANTES DA GREVE, FUNCIONARIOS PUBLICOS

    SEM SALARIOS QUE DEVERIAM TER SIDO PAGOS DIA 30.

    ESSE PREFEITO É O PIOR DE TODOS, CIDADE ESBURACADA, PROFESSORES SEM PASSAGEM

    DE ONIBUS, COLETA DE LIXO UM LIXO, A GUARDA MULTANDO ATE BIKE… BM NO FUNDO DO POÇO.

  4. Fujam deste Rodrigo Drable é filhote do Eduardo Cunha representante n°1 do mesmo na região. Se E. Cunha nada vale imagine o filhote. Depois não fiquem chorando como fazem hoje com o atual prefeito. Não votem em ninguém, todos são ruins, cada ano um pior que outro. Tem opções branco ou nulo quem sabe assim tomam vergonha é triste mais é a realidade…

  5. E ESTE ESTACIONAMENTO DA CIDADE PRA ONDE VAI A GRANA

  6. A cada dia o atual Prefeito afunda e será o campeão de rejeição. O Rodrigo Drable tem pedigree, seus Avós parte de Pai e Parte de Mãe foram os melhores Prefeitos que Barra mansa e Volta Redonda conheceu.Portanto Parabéns Rodrigo Drable….Estamos com Você pela recuperação Moral, Política e econômica de Barra Mansa.

    • Tem pedigree? Nem nascendo de novo será igual ao seu avô. Primeiro vamos trabalhar o Legislativo depois querer sentar na poltrona do executivo. Oque esse Furlani já fez como vereador? povo não quer calçada e asfalto não. povo quer é emprego, segurança, saúde. Fez oque fez para tirar a Lanchonete Rango do lugar e desapropriar o local dando desculpa que iria construir uma praça com uma guarita da PM e nada foi feito! pra mim não passa de um safado!

Untitled Document