Jari aposta em planejamento, trabalho e fraternidade

by Lívia Nascimento

O deputado estadual Jari de Oliveira – Foto: Divulgação

Volta Redonda – O deputado estadual Jari de Oliveira fez um balanço sobre seus primeiros seis meses de mandato na Assembleia Legislativa. Jari afirma nesta entrevista que aposta em planejamento, trabalho e fraternidade para ajudar Volta Redonda. Leia a entrevista na íntegra.

DV – Qual o balanço que você faz do seu mandato?

JARI – Neste mandato de deputado estadual, que teve início em 1º de fevereiro de 2023, tivemos a oportunidade de realizar 19 edições do projeto “Deputado na Sua Cidade”, abrangendo os municípios do Sul Fluminense. Em junho, fechei o primeiro semestre com 10 municípios visitados, sendo que Volta Redonda recebeu oito edições do projeto e Barra Mansa, duas. Apresentamos 27 (vinte e sete) projetos, a destacar o que rompe o cartel de empresas que têm autorização para realizar vistoria nos sistemas de gás domiciliares, comerciais e industriais, permitindo que seja feita por pessoas físicas, engenheiros e técnicos, devidamente habilitados e registrados nos conselhos de sua categoria; e o que já foi aprovado que trata da criação do “Diploma Dom Waldyr Calheiros”, no ano do seu centenário, a ser entregue a cada um que esteve ombro a ombro na caminhada com o Dom Waldyr. Estivemos em Brasília, cobrando melhorias para a Rodovia do Contorno, reivindicando a construção do Aeroporto Regional e deixando uma semente para desenvolver ações que visem à recuperação do Rio Paraíba do Sul.

DV – Quais os principais projetos e ações desenvolvidos para Volta Redonda?

JARI – Cabe ressaltar que o papel do Poder Legislativo não é de executar, mas sim, primordialmente o de legislar e fiscalizar as ações do Poder Executivo, visando melhores serviços para a população, no menor custo possível. Desta forma, estivemos em todas as escolas estaduais, em diversos órgãos públicos estaduais localizados em Volta Redonda, com o intuito de melhor conhecer o funcionamento, as dificuldades e as necessidades de cada um, colocando nosso mandato na tarefa de somar esforços no sentido da busca do melhor serviço à população. Também estivemos nestes órgãos cobrando soluções para a segurança pública, mais ofertas de atendimento do DETRAN e, desde o mandato anterior, trazendo o INEA para as questões de poluição, seja do depósito de escória da CSN, da poluição atmosférica e, mais recente, da poluição hídrica no Rio Paraíba do Sul.

DV – Quais os projetos futuros para a cidade?

JARI – Acho primordial que tenhamos um arcabouço legal que dê segurança jurídica para facilitar a instalação de novas empresas na cidade, propiciando renda e ofertas de trabalho. Dentro dos nossos limites, trabalhar incansavelmente para minimizar a poluição em Volta Redonda, seja a atmosférica, a hídrica e a sonora. Também, continuar cobrando melhorias até que tenhamos segurança plena na Rodovia do Contorno. Desta forma teremos, no futuro, espero que breve, uma cidade em desenvolvimento, mas respeitando o meio ambiente.

DV – Quais as áreas prioritárias para investimentos em Volta Redonda?

JARI – Os investimentos para Volta Redonda, teriam que ter pelo menos 3 (três) vieses: 1º – Meio Ambiente – A CSN entender que, em pleno século 21, a prevenção tem que estar aliada com a sustentabilidade fazendo assim os investimentos necessários para o controle da poluição. Neste caso, o INEA tem o papel fundamental; 2º – Economia – Trazer para cidade empresas, de preferência, com o uso de alta tecnologia, tal como as indústrias farmacêuticas, que poderiam fazer parcerias com as nossas universidades; 3º – Mobilidade Urbana – Dispor a cidade de uma estrutura que facilite os deslocamentos não motorizados (calçadas e ciclovias) e oferecer à população um moderno sistema de transporte público que garanta confiabilidade nos horários, segurança, conforto e tarifa justa.

DV – Qual a mensagem gostaria de mandar para o povo de Volta Redonda?

JARI – É possível pensar numa cidade desenvolvida não somente no sentido econômico, mas sim na questão do desenvolvimento social. Planejamento, trabalho e fraternidade podem se so[1]mar para um futuro muito melhor.

You may also like

diário do vale

Rua Simão da Cunha Gago, n° 145
Edifício Maximum – Salas 713 e 714
Aterrado – Volta Redonda – RJ

 (24) 3212-1812 – Atendimento

(24) 99926-5051 – Jornalismo

(24) 99234-8846 – Comercial

(24) 99234-8846 – Assinaturas
.

Image partner – depositphotos

Canal diário do vale

colunas

© 2024 – DIARIO DO VALE. Todos os direitos reservados à Empresa Jornalística Vale do Aço Ltda. –  Jornal fundado em 5 de outubro de 1992 | Site: desde 1996