quinta-feira, 5 de agosto de 2021 - 16:52 h

TEMPO REAL

 

Capa / Assessoria de imprensa / Como realizar a compra do seu carro de maneira segura

Como realizar a compra do seu carro de maneira segura

Matéria publicada em 25 de maio de 2020, 17:08 horas

 


Saiba algumas dicas sobre o que levar em conta na hora de comprar um carro

Imagem: PixabayO Brasil tem um mercado automobilístico bastante movimentado. Com efeito, a compra e venda de veículos é bastante intensa na cidade. E isso vale não apenas para os carros novos, mas também os carros usados.

Independente do carro ser novo ou usado, é sempre uma aquisição de grande porte, ou seja, é um valor muito alto que é empregado nessa compra. Desse modo, é essencial ter muita cautela e saber como comprar o veículo, mas com segurança. Serão dadas algumas dicas adiante para ter como comprar um carro com segurança.

Fique desconfiado sobre valores muito baixos e ofertas “boas demais para serem verdade”

Imagine que está pesquisando alguns veículos por aí, seja pessoalmente ou através da Internet e, de repente, se deparou com uma oferta que é incrivelmente mirabolante, com um preço incrivelmente baixo, descontos gigantescos e um monte de vantagens e adicionais. Contudo, quando esse tipo de coisa acontece, você deve desconfiar e muito.

Essa é uma dica particularmente voltada para a compra de carros usados. Bem porque, geralmente, o preço de um veículo quando ele é 0 km é essencialmente o mesmo em todos os lugares, pois parte de valores iniciais dados pela marca. Por outro lado, os carros usados apresentam uma variação de preço maior, pois a condições do veículo são as mais diversas.

Comprar um carro usado é algo bastante vantajoso. De fato, é o tipo de compra que possibilita ter em mãos um objeto tão almejado como um automóvel, porém por um preço bem mais em conta, bem mais convidativo. Em outras palavras, você terá de gastar menos e é possível que as condições de pagamento sejam facilitadas.

Entretanto, a compra de um carro usado requer o dobro de cuidado. Os donos anteriores podem ter sido os mais diversificados possíveis, para o bem ou para o mal. Sendo assim, é muito importante que você veja se o preço cobrado condiz com as condições do carro e obviamente a média cobrada no mercado.

Isso porque se ele estiver barato demais, há a chance de ter alguma coisa errada por trás disso. O veículo pode não estar em boas condições mecânicas em geral (motor, câmbio, embreagem, lataria, etc), pode estar devendo multas ou impostos, pode ter sido batido, estar com documentos pendentes, enfim, pode estar com diversos problemas.

Se você estiver comprando o carro pela Internet, o cuidado deve ser tão grande quanto. Se o preço estiver muito mirabolante, você corre o risco de ter caído em um golpe e acabar nunca recebendo o carro.

Desse modo, quando ver um carro que está barato demais para ser verdade, desconfie e investigue o porquê desse preço. Exija que se mostre os documentos todos, verifique a questão de multas e impostos, faça um teste drive.

Confira as condições do chassi em pontos distintos

Uma dica fundamental para comprar seu Hb20, por exemplo, é fazer averiguações a respeito da veracidade da procedência do veículo em questão. E uma das melhores formas de fazer isso é por meio do chassi do carro. Você próprio pode efetuar essa checagem e assegurar-se de que o veículo não teve o chassi adulterado.

Geralmente, a numeração do chassi costuma estar marcada em cima do bloco do motor, na carroceria e igualmente nos vidros do modelo. No instante da verificação, é necessário que você preste atenção se os números batem com o que está marcado no documento do carro. Se houver alguma divergência, o mais indicado é contratar uma empresa que trabalha com vistoria de veículos para que ela realize a emissão de um laudo.

Uma outra possibilidade também é conferir a situação do veículo usando a numeração do chassi em um formulário no site oficial do Detran.

Averigue se os impostos estão em dia

Licenciamento e IPVA são os principais impostos que fazem parte da documentação de um veículo. Dessa maneira, antes de realmente concretizar a compra, averigue se o carro que você quer comprar está não apenas a documentação nos conformes, mas também com os impostos em dia.

Isso tudo pode ser conferido no sistema do Detran, utilizando-se os caracteres contidos na placa do carro e o número do RENAVAM. No site do Detran pode-se conferir se há impostos ou multas pendentes e outras modalidades de restrições, como sinistros de seguros, processos judiciais, financiamentos não quitados e assim por diante.

Consulte um especialista no assunto

Não importa onde e com quem você está querendo comprar um veículo, não deposite toda a sua confiança na pessoa/empresa. Faça todas as verificações necessárias e, se possível, consulte um especialista para saber se o carro está de fato em boas condições.

Recomenda-se nessa situação encaminhar o veículo para uma oficina de confiança. É lá que o mecânico será capaz de averiguar uma infinidade de potenciais situações, como troca de peças originais, danos sofridos pelo motor, estado das peças e estrutura, detalhes de caráter estético e muito mais.

Sempre veja o veículo antes de confirmar a compra

Essa é uma recomendação que vale não somente para compras feitas pela Internet, mas até mesmo as presenciais. No caso de uma compra pela Internet, pode ocorrer de você nunca receber o carro, sob os mais variados pretextos ou então receber um veículo totalmente diferente do anunciado.

Aliás, esse último fato também pode acontecer em compras presenciais. Não é incomum o vendedor alegar que não tem o veículo no estoque, mas te segurar com falsas promessas e, na hora de receber o seu Ecosport, por exemplo, ser algo totalmente diferente.

Assim sendo, sempre combine com o vendedor um horário para que você tenha a oportunidade de conhecer o carro, efetuar um test drive e fazer todas as verificações necessárias.

 

Agora você sabe como fazer a compra de um carro com toda a segurança possível. Curta e compartilhe esse post em suas redes sociais!

 

Conteúdo oferecido por: Lincon lucas


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document