Mulheres que defendem causas femininas são homenageadas pela Alerj

Mês é destinado ao combate à discriminação de mulheres no mercado de trabalho

by Mayra Gomes

Estado do Rio – A Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) realizou nesta segunda-feira (29) uma sessão solene em comemoração ao Março Violeta, mês de combate à discriminação de mulheres no mercado de trabalho. Durante a solenidade, foram entregues Moções de Congratulações, Aplausos e Louvor para homenagear mulheres que se destacaram em defesa das pautas femininas no Estado do Rio de Janeiro e da Medalha Tiradentes, maior honraria oferecida pela Casa, à reitora da Universidade Cândido Mendes, professora e doutora Andreya Mendes de Almeida Scherer Navarro.

Presidida pela deputada Célia Jordão (PL), a cerimônia contou com a presença da primeira-dama do Estado do Rio de Janeiro, Analine Castro. A parlamentar enalteceu a luta das mulheres pela garantia de seus direitos e inclusão no mercado de trabalho.

“É fundamental realizarmos eventos como este para valorizar o enfrentamento dessas mulheres nesta causa, sobretudo para que outras se sintam capazes em continuar lutando contra a discriminação e alcançar a valorização no mercado de trabalho”, pontuou Célia.

Homenageada com uma Moção de Congratulações, Aplausos e Louvor, a primeira-dama Analine Castro, presidente de honra da organização sem fins lucrativos RioSolidário, destacou que é preciso ter um olhar especial acerca de todas as pautas relacionadas às mulheres, sobretudo com as vítimas de violência doméstica.

“Nós estamos lutando pela criação de políticas para as mulheres, acolhendo e oferecendo todo o apoio necessário para a inclusão no mercado de trabalho. Inclusive, oferecendo três creches em período integral que atualmente atendem a cerca de 700 crianças, para que essas mães possam trabalhar e conquistar sua autonomia, com a tranquilidade de que seus filhos estejam em segurança durante suas jornadas de trabalho. É uma luta contínua que precisa da união de todos”, declarou Analine.

Agraciada com a Medalha Tiradentes, a reitora Andreya Mendes de Almeida Scherer Navarro destacou a importância da luta contra a desigualdade de gênero no mercado de trabalho.

“É uma honra receber a mais importante condecoração de nosso Estado, a iniciativa de debater a discriminação de gênero no mercado de trabalho não poderia ser mais oportuna. A campanha Março Violeta me remete à mística desta cor, que simboliza a transformação, uma justa harmonia de cores entre o azul e o rosa, uma cor que nos traz o equilíbrio da participação de cada componente desta luta”, declarou a reitora

Durante a solenidade, que contou com a presença do Senador Carlos Portinho (PL), outras autoridades também foram homenageadas com Moções de Congratulações, Aplausos e Louvor. Demais agraciados: Secretária de Estado de Saúde, Cláudia Mello; a presidente da Fundação de apoio à Escola Técnica (Faetec), Caroline Alves; a Secretária de Estado da Mulher, Heloisa Aguiar; a Secretária de Estado de Direitos Humanos, Rosângela Gomes, representada no evento por sua assessora, Drª Renata Sales; e a Secretária de Estado de Cultura e Economia Solidária Criativa, Danielle Barros.

You may also like

diário do vale

Rua Simão da Cunha Gago, n° 145
Edifício Maximum – Salas 713 e 714
Aterrado – Volta Redonda – RJ

 (24) 3212-1812 – Atendimento

(24) 99926-5051 – Jornalismo

(24) 99234-8846 – Comercial

(24) 99234-8846 – Assinaturas
.

Image partner – depositphotos

Canal diário do vale

colunas

© 2024 – DIARIO DO VALE. Todos os direitos reservados à Empresa Jornalística Vale do Aço Ltda. –  Jornal fundado em 5 de outubro de 1992 | Site: desde 1996