terça-feira, 17 de julho de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Colunas / O seu cão tem o hábito de cavar buracos no seu jardim e isso não lhe agrada?

O seu cão tem o hábito de cavar buracos no seu jardim e isso não lhe agrada?

Matéria publicada em 25 de abril de 2018, 07:10 horas

 


Saiba como acabar com esse tipo de comportamento

wp-coluna-animal-glayce-cassaro-pereira

 Natural: O que poucos sabem é que o ato de cavar é um comportamento natural e saudável dos cães


Natural: O que poucos sabem é que o ato de cavar é um comportamento natural e saudável dos cães

Os cães tem o hábito de cavar, e procuram lugares como praias, campos e praças pra fazer isso. O problema é quando eles resolvem cavar no jardim da nossa casa.
Algumas pessoas nem se importam com esse comportamento, e há até aquelas que acham bonitinho quando eles fazem isso. Porém, a grande maioria fica furiosa quando o cãozinho resolve cavar o jardim, logo aquele jardim onde a pessoa passou dias e horas se dedicando a plantar e cultivar lindas e plantas, que tanto ama.
Mas por que será que o seu cãozinho cava esses buracos? O que poucos sabem é que o ato de cavar é um comportamento natural e saudável dos cães, que vem desde a época em que eles eram selvagens, onde os lobos, seus ancestrais, viviam em busca de comida para alimentar suas famílias, e quando acontecia deles encontrarem muita comida, eles precisavam de um lugar seguro, protegido dos outros animais, para poderem estocar esse alimento. Sendo assim eles cavavam a terra, fazendo um buraco nela, onde escondiam ali esse alimento. Desta forma, esse hábito dos cães cavarem buracos é herança de seus “pais” lobos.
Porém, existem outras causas que podem levar um cachorro a fazer buracos na terra, são elas:
– Para enterrar “tesouros”: alguns cães costumam enterrar algo que ganham, como ossinhos e brinquedos, sendo essa, uma forma de protegê-lo para que não seja encontrado por ninguém, e assim, em um momento mais tranquilo, ele possa apreciá-lo tranquilamente sem ninguém por perto.
– Em busca de um ambiente confortável: cães sem acesso a lugares frescos e confortáveis para descansar, por instinto, cavam buracos, geralmente em local com sombra, retirando a terra quente e dura da superfície, expondo a terra fresquinha e fofa embaixo, onde irão se deitar em seguida, para se refrescar e relaxar. O mesmo é feito quando o animal busca por um lugar mais quente, cavando assim em locais mais quentinho, geralmente exposto ao sol, para que possa esquentá-lo naturalmente;
– Por instinto investigativo: o fato dos cães possuírem olfato bastante apurado, lhes permitem sentem cheiros de longe, até mesmo vindos por de baixo da terra. Sendo assim, ao sentirem um cheiro diferente, eles cavam para se certificar o que é aquele odor e assim exercitar o seu instinto investigador;
– Para chamar atenção: cães que não possuem muito convívio com os membros da família e ficam muito tempo sozinhos no quintal, podem começar a cavar buracos para chamar a atenção da família, nem que seja para receber uma bronca;
– Para passar o tempo: cães que não praticam atividades, que não possuem opções de distração e passam muito tempo sem ter o que fazer, tendem a buscar algo para passar o tempo, como por exemplo cavar o jardim;
– Por Ansiedade: cães que sofrem algum trauma, como por exemplo, uma grande separação ou perda de um ente querido, tendem a apresentar o comportamento de cavar incessantemente, o que pode ser um sinal de ansiedade. Nesse caso, cavar é a maneira que ele tem de tentar fugir do local onde esteja para ir atrás de alguém.
Então o que fazer quando seu cão está cavando buracos? O primeiro passo é entender o porquê de o seu cão estar com esse comportamento, para assim conseguir achar uma solução.
Identificando a causa, o segundo passo é adotar algumas dessas medidas:
– crie cantinhos especiais, perfeitos para o cão, levando em consideração o que ele mais deseja, lugar quente ou fresco;
– gaste o excesso de energia dele, pois quanto mais energia acumulada o cão tiver, maiores as chances dele inventar algo para fazer, como cavar buracos. Uma boa forma de gastar essa energia é com passeios diários e brincadeiras como forma de exercitá-los;
– combata o tédio, com brinquedos comprados ou feitos por você mesmo. Na internet você encontra várias dicas de enriquecimento ambiental e comportamental, de onde você pode tirar várias ideias para manter seu cão ocupado a maior parte do tempo;
– evite também que o seu cão enterre objetos, para isso basta dar o objeto amarrado a um corda, impedindo assim que ele o leve para enterrá-lo. É importante que esse objeto fique pendurado de modo a não encostar no chão, isso evitará que o animal se enrosque na corda;
– se o cão cava lugares específicos, torne desagradável o ato de enterrar ali, para isso antes de tapar os buracos encha-os com pedras ou com o próprio cocô dele;
– limite os lugares de acesso do cão, colocando pedras, cercas e telas, para proteger as plantas;
– crie um local onde o animal possa cavar, como uma caixa de areia no jardim para o cão poder se divertir, cavando;
– busque a ajuda de um profissional, caso nenhuma dica acima tenha dado certo ou caso o seu cão continua apresente esse comportamento de forma compulsiva, pois ele pode estar tendo algum problema mais sério e requer cuidado.
Enfim, lembre-se que na maioria das vezes esse é um comportamento normal dos cães e o reforço positivo é sempre o indicado, repreendê-los nessa situação não ajudará.

Quer ver o seu bichinho de estimação aqui também? Basta enviar uma foto dele para o e-mail (glayce.cassaro@diariodovale.com.br). Sugestões e dúvidas também são bem vindas. Mais informações pelo WhatsApp (24) 98816-1583.

GLAYCE CASSARO PEREIRA | glayce.cassaro@diariodovale.com.br

Untitled Document