quarta-feira, 21 de agosto de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Radialista Jorge Farat morre de leucemia em Barra Mansa

Radialista Jorge Farat morre de leucemia em Barra Mansa

Matéria publicada em 11 de abril de 2015, 10:14 horas

 


JFARAT

Ele estava internado há uma semana

 

Barra Mansa –

O radialista Jorge Farat, da 58 anos, do “Programa J. Farat” da Rádio do Comércio, morreu na madrugada deste sábado (11) vítima de câncer no sangue (leucemia). Ele estava em tratamento há pelo menos um ano, e, há uma semana estava internado no Hospital Santa Casa de Misericórdia.

O corpo  do radialista foi sepultado neste sábado (11), no Cemitério Municipal de Barra Mansa, no Centro.

Ele nasceu em Rio Claro e era torcedor fanático do Fluminense. Sua carreira como radialista da Rádio do Comércio começou na década de 70, onde apresentava um programa nas madrugadas da emissora. Na mesma década passou a comandar o programa sertanejo “Brasil, de Norte a Sul”.

Já na década de 80, J. Farat começou a se dedicar a equipe de esportes da Comércio e, logo após, começou a apresentar o programa “Clube do amor e amizade”, onde promovia o namoro.

A partir dos anos 2000, J. deixou a equipe de esportes  e comandou  o “Programa J. Farat”, com participações do seu filho, Jonas, onde esteve a frente até a ultima semana, onde acabou sendo internado e veio a falecer.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

9 comentários

  1. Avatar

    Olá acabei de saber neste momento o Jota foi para mim um grande profissional sem ressalva ele é o criador do bordão o farejador ficará para sempre na minha memoria descanse em paz amigo e obrigado por tudo.

  2. Avatar
    Francisco Edson Alves

    Muito triste também com a morte do querido J. Farat. Só soube agora à noite e nem sabia que estava doente. Cheguei a trabalhar no programa dele, no quatro Cartas na Mesa, nos idos da década de 90. Que Deus o acolha e solidariedade à sua família e aos amigos da Rádio do Comércio, que tanto o amavam também.

  3. Avatar

    Acabei de saber agora. Não sabia que o J. FARAT estava doente. Tive a honra de trabalhar ao seu lado dele em muitas transmissões, em muitas jornadas. Uma perda irreparável. Grande profissional, grande amigo…. Que DEUS O RECEBA DE BRAÇOS ABERTOS.

  4. Avatar

    Grande amigo , grande profissional, narrando como poucos uma partida de futebol.
    Fará muita falta e abre uma lacuna no cenário esportivo e na rádio.
    Meus sentimentos a Cristiane, Jonas e toda familia.
    Descanse em paz, amigo.

  5. Avatar

    Faço minhas as palavras do Bruno Azevedo.
    Quando em 1995 tentei seguir a carreira de repórter esportivo, tive uma enorme ajuda do Jota Farat e do Uilder Alves, que me deram muita força no microfone da Rádio do Comércio. Comecei como rádio-escuta, no estúdio da Joaquim Leite, e depois a convite do Jota fui aos gramados (por pouco tempo é verdade), mas fica a minha gratidão pela oportunidade e aprendizado. Segui outros caminhos, mas sempre ouvia o Jota narrando….
    -Com a Graça de Deus e a Alegria do Futebol….

    Jota, descanse em paz amigo……

  6. Avatar

    Acordei com a triste notícia do falecimento do amigo Jorge Farat, pessoa amável, alegre e de um coração gigante. Foi através dele que iniciei minha caminhada no rádio esportivo, na Rádio do Comércio, no ano de 1997. Ali, nasceu minha admiração por um profissional apaixonado pelo seu trabalho e pelo ser humano sempre pronto a ajudar e de riso fácil.
    Acredito que nem o próprio Farat tinha noção de sua importância em minha vida profissional, pois foi ele quem segurou minha barra quando eu gaguejava no ar ou quando eu me “embolava” com as notícias.
    Lembro com carinho das intermináveis noites no bar do Zé Maria, perto da Sobeu (hoje UBM), quando a gente se divertia com as gargalhadas escandalosas do agora saudoso Farat.
    Vá com Deus meu amigo, e leve junto com você minha eterna gratidão!!!

    • Avatar

      Caro Bruno,não te conheço e não tive a oportunidade de conhecer o Jorge Farat (que Deus o tenha),mas fiz questão de entrar nesse espaço para parabenizá-lo pela atitude.A gratidão é um sentimento cada vez mais raro nos dias de hoje.Belas palavras de reconhecimento à quem lhe ajudou.Parabéns.

    • Avatar

      De fato a humildade em reconhecer o mérito do Jota Farat é muito bonito
      e poucos tem essa capacidade, parabéns Bruno Azevedo e ao THAO por
      também verificar esse lado.

      Todos nós estamos com saudades do amigo Jota, e hoje na Rádio do Comércio
      as homenagens me emocionaram, assim como no velório o Manuel Alves, hoje
      na concorrente, mas presente , dando depoimento do grande profissional que
      subiu.

  7. Avatar

    Conheci o Jota.
    cara bacana humilde.
    Dava oportunidade avtodos.
    coração bom.
    Vá com Deus amigo.

Untitled Document