SMI-VR realiza serviço de drenagem na Avenida Sérgio Braga - Diário do Vale
terça-feira, 21 de setembro de 2021 - 22:54 h

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / SMI-VR realiza serviço de drenagem na Avenida Sérgio Braga

SMI-VR realiza serviço de drenagem na Avenida Sérgio Braga

Matéria publicada em 30 de julho de 2021, 09:47 horas

 


Trabalho de prevenção a alagamento será concluído na próxima semana

A ação na Via Sérgio Braga começou pela altura do bairro Conforto e segue até o Siderville, quando a rede de drenagem encontra o Rio Paraíba do Sul – Foto: Divulgação PMVR.

Volta Redonda- Visando garantir o escoamento da água pluvial, evitando a formação de bolsões, que oferecem riscos aos motoristas, a Prefeitura de Volta Redonda iniciou nesta semana um trabalho de prevenção de alagamentos na Via Sérgio Braga, que liga o município a Barra Mansa, e também na Rua 2, no bairro Conforto.

De acordo com a prefeitura, a conclusão da drenagem e limpeza dos bueiros, executados pela Secretaria Municipal de Infraestrutura (SMI), está prevista para a próxima semana.

Segundo informações da SMI, a ação na Via Sérgio Braga começou pela altura do bairro Conforto e segue até o Siderville, quando a rede de drenagem encontra o Rio Paraíba do Sul. O trecho, com quase um quilômetro de extensão, tem 140 bueiros. Além do trabalho manual de retirada de resíduos, são utilizados caminhão-pipa e sewer Jet, que utiliza um jato de água a alta pressão. Na Rua 2, a equipe da SMI está fazendo a limpeza nas canaletas que recebem a água da chuva.

De acordo com a subsecretária municipal de Infraestrutura, Poliana Gama, não houve necessidade de interromper o trânsito em faixas das vias beneficiadas. “As equipes utilizam cones para demarcar o local e indicar o desvio para os motoristas”, falou.

O secretário municipal de Infraestrutura, Jerônimo Telles, afirmou que o trabalho preventivo a alagamentos está sendo realizado em toda cidade. “A SMI vem atuando ainda na limpeza de córregos, na desobstrução de galerias, construção de bocas-de-lobo, bueiros e recuperação do sistema de escoamento de águas pluviais”, disse, lembrando que, em março, sua equipe retirou mais de uma tonelada de resíduos dos bueiros na Avenida Getúlio Vargas.

As garrafas e latas descartáveis, embalagens plásticas descartadas em local impróprio; e resíduos de construção deixados nas calçadas vão parar dentro dos bueiros e entopem as galerias; além da grande quantidade de terra e folhas e galhos. A matéria orgânica e o lixo, resultado de varrições, devem ser recolhidos e devidamente acondicionados para o descarte adequado.

A população também pode contribuir com outras medidas simples, como não deixar sacolas de lixo na rua com muito tempo de antecedência do horário do caminhão de coleta, pois a chuva pode vir e carregá-las para os bueiros. Outra dica é não deixar restos de materiais de construção expostos na via pública.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document