Diário Pet

Por Agatha Amorim
497 Visualizações
Chefs abrem restaurante para cães

Três chefs italianos, resolveram inovar em termos de gastronomia e levaram o amor que tem ao mundo pet e abriram um restaurante para cães em Roma.

Isso mesmo! Com nome de Fiuto, lá os tutores que levarem seus animais, irão encontrar uma cozinha especializada para os cachorros, com pratos e alimentos recomendados por nutricionistas.

E tem mais. O restaurante também atende aos humanos, mas para isso tem que estar acompanhado de seu pet.

O menu do Fiuto oferece opções para todos os gostos. Frango picado com purê de batata, peixe com ricota e pratos vegetarianos estão entre as opções. Já de bebida, os pets podem escolher entre smoothie de maçã verde ou melancia, por exemplo. As porções variam entre pequena (cães de 2 a 10 kg), média (11 a 20 kg), grande (21 a 30 kg) e extragrande (+30 kg).

Que luxo!

 

Cuidado ao alimentar seus pets

 

A jornalista Andressa Gil, antiga companheira desse que vos escreve, esteve na prefeitura de Barra do Piraí e visualizou este cartaz onde está um alerta do que não devemos dar aos nossos animaizinhos por serem altamente tóxicos.

Entre eles estão frutas como abacate e uva, batata e massa fermentada, chocolate, açúcar, cebola e alho, entre outros. Este ato pode até causar a morte de seu animal.

 

De volta para o seu amado

Uma história curiosa está correndo nas redes sociais!

Quase um mês depois que fugiu de sua gaiola, a papagaia chamada Lorica voltou para sua casa e para o companheiro Genaro, que andava abatido e triste desde de que a fêmea resolveu dar uma escapada.

A bióloga Thainá Cristina Nogueira, 29 anos, é a tutora das aves. Ela encontrou a fujona na casa de um casal de idosos, perto de onde mora. Lorica, é legalizada pelo IBAMA e foi encontrada graças à sua anilha de identificação.

“Ela [a vizinha] entrou em contato com a gente era umas 15 horas. A gente questionou se ela [a papagaia] estava com a anilha e ela disse ‘sim, pode vir buscar que é ela mesma’. Depois disso fomos buscar”, contou Thainá, aliviada.

Ao retornar para casa, Lorica reencontrou seu companheiro, o papagaio Genaro, e alegria dele ao rever a parceira foi marcante.

 

Cannabis para cães

Mais um uso medicinal da cannabis: ela pode ser usada para tratamento de pets com paralisia e convulsões. O uso já está ocorrendo aqui no Brasil e os resultados são animadores.

A ativista e defensora dos animais Simone Gatto é tutora de seis gatos paraplégicos e lidera uma campanha pela liberação do canabidiol para tratamentos veterinários desde que uma de suas gatinhas, a Denisa, melhorou após as dores fortes que sofria por causa da tetraplegia. Ela tinha 20 convulsões por dia.

“A gata Denisa tinha muitas dores, resultado de suas lesões na coluna, além de um forte quadro de epilepsia, também decorrentes das lesões. O canabidiol foi indicado para o tratamento das dores e da epilepsia e ela realmente apresentou resultados muito bons”, disse a médica-veterinária especialista em fisioterapia animal da FMVZ (Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia), da USP, Maira Formenton.

 

Que gracinha

 

A coluna hoje traz a foto dessa SRD, chamada Nina, enviada pela sua tutora Regina Célia Fortunato. Ela tem oito meses e está para adoção. Quem desejar pode entrar em contato pelo telefone 24-99834-6214.

Advertisement

VOCÊ PODE GOSTAR

diário do vale

Rua Simão da Cunha Gago, n° 145
Edifício Maximum – Salas 713 e 714
Aterrado – Volta Redonda – RJ

 (24) 3212-1812 – Atendimento

 

(24) 99926-5051 – Jornalismo

 

(24) 99234-8846 – Comercial

 

(24) 99234-8846 – Assinaturas

Canal diário do vale

colunas

© 2023 – DIARIO DO VALE. Todos os direitos reservados à Empresa Jornalística Vale do Aço Ltda. –  Jornal fundado em 5 de outubro de 1992 | Site: desde 1996