sexta-feira, 23 de agosto de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Política / Nelson Gonçalves pede tombamento da antiga delegacia de Volta Redonda

Nelson Gonçalves pede tombamento da antiga delegacia de Volta Redonda

Matéria publicada em 8 de abril de 2018, 17:03 horas

 


Nelson Gonçalves mostra preocupação com a história de Volta Redonda

Nelson Gonçalves mostra preocupação com a história de Volta Redonda

Volta Redonda – O deputado estadual Nelson Gonçalves (PSD) solicitou ao governo do estado do Rio de Janeiro, o tombamento do prédio da primeira delegacia de Polícia Civil, local onde funciona atualmente a 6ª Ciretran (Circunscrição Regional de Trânsito), no Aterrado. O parlamentar ressaltou a importância da preservação do espaço que se mantém com características semelhantes ao período de fundação da cidade.

– Em um mundo onde tudo acontece, atualmente, com muita velocidade e as informações são atualizadas e perdidas com rapidez, proteger a nossa história é de extrema importância. Dessa forma estaremos garantindo às próximas gerações, não apenas fotos sobre a fundação da nossa cidade, mas também monumentos que além de belos, nos ajudam a contar como a Cidade do Aço foi erguida – ressaltou o deputado.

A iniciativa de preservar a história da Cidade do Aço ganha, inclusive, adesão de diversos setores. O membro do Conselho Municipal de Cultura, professor Carlos Eduardo Giglio é um dos que defende que o espaço – o antigo prédio da Delegacia de Polícia – seja preservado. Ele ressalta que o pedido de tombamento partiu, inclusive da Comissão Especial de Patrimônio, que recebeu a determinação do Ministério Público, encaminhada à Prefeitura Municipal, conforme os trâmites técnicos a serem seguidos, como a confecção de um dossiê histórico e inventário técnico das condições do patrimônio, mobiliário e documentos.

“Esse local é perfeito para implantarmos esse projeto, que se torna um espaço simbólico, para abrigar material relativo à pesquisa da Comissão da Verdade, sobre o período da ditadura”.

Por determinação do Ministério Público, cabe à prefeitura disponibilizar imóvel para abrigar esse Centro de Memória, que já existe na UFF (Universidade Federal Fluminense), onde permanece o acervo existente. A comissão que organiza o acervo do Centro de Memórias, inicialmente, propôs que a exposição permanecesse em local central e simbólico. Atualmente o centro de memória da UFF fica com o acervo físico e a PMVR, com o digital.

– Foi ai que pensamos na antiga delegacia, um dos primeiros prédios do bairro aterrado, datada do inicio do século 20. Mas o imóvel não é do município, mas do governo do estado e destiná-lo para esse projeto significar protegermos a história da nossa cidade, bem como os prédios erguidos na fundação de Volta Redonda – ressaltou Giglio, enfatizando a boa vontade do deputado em auxiliar o projeto e se colocou à disposição para intermediar as negociações entre poder público Municipal e Estadual visando a sessão do imóvel.

Outro historiador que apoia os projetos de preservação da história da cidade é o professor Adelson Vidal Alves. “Iniciativas como a do deputado Nelson Gonçalves revelam compromisso com a conservação da memória, e estão diretamente ligadas às propostas de política públicas de preservação do patrimônio, e consequentemente, da nossa história”, ressaltou Adelson.

 

 

 

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

16 comentários

  1. Avatar

    A propósito, deveriam ter pensado nisto antes de recapearem com Cbuc toda a Rua 33, tirando o charme “retro” dos históricos paralelepípedos…poderiam ao menos te-los deixado numa pequena faixa nos pontos de ônibus, em ambos os lados, com algum totem indicando que aquele fora o calçamento original quando da construção da cidade…

    • Avatar

      Não se esqueça que a bela arquitetura da rodoviária com sua cobertura em formato de abóbadas foi escondida por um prefeito sem noção que ao invés de impermeabiliza-la colocou umas telhas de zinco e uma cobertura amarela na frente que sepultou a obra arquitetônica que transmitia criatividade e ousadia da engenharia dos anos 70. Fica a dica para o jornal publicar fotos antigas da rodoviária que foi por onde muitos chegaram para fazer a história dessa cidade.

  2. Avatar

    Tá com tempo heim .

  3. Avatar

    Poderiam tombar o edifício redondo… literalmente.

  4. Avatar

    É muita falta do que fazer, aposenta Nelsin, para antes que fica mais feia sua carreira politica 🙂

  5. Avatar

    Tem que batalhar ao lado do Samuca para a abertura do Posto de Puericultura como um equipamento cultural para o município formando um corredor cultural entre a Biblioteca Municipal, Zélia Arbex, Memorial Zumbi, 9 de Abril e Gacemms.
    Seria um belo presente para o município ver aquele prédio histórico abrigando exposições do que se degradando atrás daquelas grades e um museu revitalizaria a Praça Brasil que também faz parte do corredor cultural da Vila.

  6. Avatar

    Somente preservando e guardando a memória do passado é que poderemos orientar a ações presentes e futuras. Um povo sem cultura, sem história e sem raíz é um povo fraco sujeito a qualquer posição factual. Que mais políticos se lembrem também da importância de fortalecer nossa história e nossa cultura.

  7. Avatar

    Parabéns Deputado Nelson Gonçalves. Valeria um estudo para tentar resgatar o imovel da extinta Rádio Siderúrgica no Laranjal. O grupo que toma posse não tem capacidade e interesse na preservação e na parte cultural. Ali caberia um belo centro de memória. Sem contar que o imóvel é tombado !

  8. Avatar

    Mais um item no rodízio de possíveis realizações dos políticos. Um dia um deles fala do Aeroporto Regional, outro fala da duplicação da Dutra na Serra das Araras, mais outro da reforma do prédio do Correio de V. Redonda, daqui a pouco é o inacabado Estádio de Atletismo, também na Cidade do Aço. E assim vai. um dia uns e outros terminam e o político fala que foi ele que fez o pedido lá em 2 mil e não sei quando.

  9. Avatar

    Ótima iniciativa , o tombamento de construções históricas é essencial para preservar nossa historia. Parabéns Nelson Gonçalves, este projeto demonstra um olhar ampliado sobre as diferentes necessidades da nossa região.

  10. Avatar
    OGIRDOR ESOJ ONIBAS SAISSEM

    Parabéns Deputado,
    preservar a memoria da nossa cidade e muito importante pois estamos vivendo um momento de grandes tensões e somente a historia preservada pode garantir que o passado não seja esquecido.

  11. Avatar

    Isso é bom muito bom

  12. Avatar
    Smilodon Tacinus - O Emir Cicutiano

    Acho isso importante, conservar a memória, mas o Brasil, o Estado do Rio e o Município de Volta Redonda têm outras prioridades. Tombamentos podem ser feitos por via administrativa, o deputado tem que focar em questões que dependam mais urgentes e que dependem precipuamente da ação do legislativo…

  13. Avatar
    Marie Helen Walton

    Quanta baboseira. Volte Redonda abandonada e esses caras se preocupando com coisas, neste momento, inoportunas.

  14. Avatar

    Faltou uma fotinha do prédio que poderia até ter sido conseguida sem sair da redação usando o google street. O tombamento das edificações histórias é fundamental para cultura mas não basta apenas tombar tem que fazer a ocupação cultural senão fica como o Centro de Puericultura que é um local perfeito para abrigar o museu histórico do município e esta fechado.

    • Avatar

      O posto de puericultura não tem destinação apenas porque o proprietário, a CSN, faz especulação imobiliária com ele.

Untitled Document