domingo, 5 de julho de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Lazer / ‘Vestida de Sonho’: Filme documentário fala de torturas feitas durante a ditadura militar

‘Vestida de Sonho’: Filme documentário fala de torturas feitas durante a ditadura militar

Matéria publicada em 22 de julho de 2017, 18:00 horas

 


Volta Redonda – Com o objetivo de chamar atenção da sociedade sobre acontecimentos ocorridos no Brasil, em especial na região Sul Fluminense, durante a ditadura militar, a cineasta Rosana Santiago anunciou que vai concluir, em breve, o filme documentário “Vestida de Sonho”. Ainda sem data para o lançamento, produtores do longa metragem, vem acelerando depoimentos de pessoas que viveram e sofreram torturas nesse período.

O mais recente deles foi do Padre Natanael, hoje aos 74 anos de idade, que relata o dia a dia das torturas sofridas no BIB (Batalhão de Infantaria Blindada) em Barra Mansa. Em seu depoimento, o padre, que estará em Volta Redonda, no final do mês, após 47 anos fora da cidade, ressalta que era perseguido por ser um dos coordenadores da JOC (Juventude Operária Cristã), ligada à Igreja Católica e contrária à ditadura militar.

– Fico trêmula ao ouvir vocês falando do bispo que salvou vidas – ressaltou a cineasta, referindo-se ao então bispo na época Dom Waldyr Calheiros. “E quando ouço estes relatos me vem as lembranças das torturas relatadas pelo padre Natanael, que ficou detido dentro do BIB, junto com a jovem Estrela D’Alva Bahadana, militante da Poloc.poc”, completou Rosana.

Segundo o padre, os torturadores “faziam coisas feias” com a então jovem Estrella Bahadana, falecida há dois anos, e obrigavam o padre assistir. Se, ele não cumprisse a determinação, eles a torturavam ainda mais. Um dos momentos mais marcantes do depoimento, segundo a cineasta, foi quando o padre lembrou de uma declaração feita pela jovem quando ela estava amarrada a uma cama de ferro: “Estou vestida de meus sonhos padre, não se importe ao olhar”.

Ao lembrar desses exemplos, a cineasta disse que o filme vem em um momento de crise econômica no Brasil e faz um apelo:

“A ditadura não pode voltar. Essa é a importância desses trabalhos”, ressaltou Rosana Santiago, que aprofunda no longa metragem a história de vida da protagonista principal, Estrella Bahadana, uma dançarina e ativista política que veio do Nordeste para atuar em movimentos contrários a ditadura militar.

Resgate: Torturas sofridas no Batalhão de Infantaria Blindada, em Barra Mansa, são relatadas no filme

Resgate: Torturas sofridas no Batalhão de Infantaria Blindada, em Barra Mansa, são relatadas no filme


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

2 comentários

  1. Avatar

    A mídia tentando desmerecer uma possível volta do regime militar,., tortura? Quer mais tortura do que existe hoje? Porém só o pobre é torturado,..só este ano já se matou mais pessoas no Brasil do que em todo regime militar….BOLSONARO2018 e logo após fechamento do congresso e prisão a todos esses ladrões, corruptos e assassinos que destroem a cada dia nosso Brasil

Untitled Document