sábado, 14 de dezembro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Política / Divulgada lista de eleitos para os Conselhos Tutelares da região

Divulgada lista de eleitos para os Conselhos Tutelares da região

Matéria publicada em 7 de outubro de 2019, 18:19 horas

 


Volta Redonda- A eleição para escolha de novos conselheiros tutelares ocorreu ono domingo (06) em todo o país. Na região, o pleito aconteceu sem transtornos, os moradores puderam votar com posse do título de eleitor e documento oficial com foto em várias unidades escolares. Os eleitos vão tomar posse no dia 10 de janeiro de 2020 e o mandato dura quatro anos (2020-2023).
Em Volta Redonda, os dez eleitos para conselheiros foram: Márcia Assistência Social com 605 votos; Denise Vieira com 574 votos; Bruninho Nicolau com 566 votos; Juliana Ariella com 526 votos; Lígia Penha com 441 votos; Douglas Pereira com 421 votos; Osmar Furban (Mazinho) com 377 votos; Alessandra Oliveira com 374 votos; Bete FAM/Comsea com 350 votos e Dr. Richard com 332 votos. O prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, desejou felicitações ao mandato dos novos membros. “Parabéns aos eleitos. Desejo que façam bom mandato, a altura da grande responsabilidade em defender os direitos de crianças e adolescentes. Contem conosco nesta nobre missão que garante gerações futuras”, disse o prefeito.

Barra Mansa

Já em Barra Mansa cinco candidatos foram eleitos são eles: Paola da Pizzaria com 533 votos; Denilson com 496 votos; Joana com 360 votos; Carina Almeida com 258 votos e Isabela Barbosa com 223 votos. Ao todo, 17 candidatos disputaram o cargo. Os escolhidos irão atuar no atendimento a crianças e adolescentes, cujos direitos são ameaçados ou violados, como também atendendo e aconselhando os pais e responsáveis.
A secretária de Assistência Social e Direitos Humanos, Ruth Coutinho, a Ruthinha, informou que a eleição ocorreu sem problemas e que isso foi possível graças à força tarefa montada par a votação. “Agradeço aos 53 funcionários da secretaria de Assistência Social, o Conselho Municipal da Criança e do Adolescente que nos deu todo apoio e o promotor que esteve junto, acompanhando a votação. Agradeço em especial ao Alexandre Monteiro, que coordenou toda a equipe para uma votação tranquila”, disse a secretária de Barra Mansa.

Porto Real

Em Porto Real, os sete colégios eleitorais do município receberam um total de 1.566 eleitores. Foram eleitos cinco conselheiros titulares e cinco suplentes: Júnior Albarelo foi o mais votado com um total de 297 votos; seguido por Nilcelaine Oliveira com 230 votos; em terceiro lugar ficou Sidney Azevedo que contabilizou 220 votos; Andreia Eurico teve 195 votos; Lucas Oliveira foi o quinto mais votado com 129 votos.
A apuração aconteceu na secretaria municipal de Assistência Social Direitos Humanos e Habitação e contou com a presença do Ministério Público, dos Conselheiros do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA); da secretária de Assistência Social Direitos Humanos e Habitação, Creusa Martins Mothé; dos candidatos e de representantes da população.
– O Conselho Tutelar, um órgão permanente, autônomo e não jurisdicional, é de suma importância para a garantia dos direitos da criança e do adolescente. Ele é encarregado, diretamente pela sociedade, mediante voto popular, de zelar por esses direitos. Ao lado de outras entidades, tais como o Ministério Público e os diversos órgãos da Administração Pública, desempenha função extremamente relevante para a coletividade. Do ponto de vista do CMDCA, os membros eleitos para o período de 2020 a 2023 estão aptos a desempenharem suas atividades com primor, uma vez que no processo eleitoral participaram de um estudo dirigido e foram aprovados em uma prova de conhecimentos sobre o ECA. Isso é motivo de grande alegria para os moradores de Porto Real – declarou o presidente do CMDCA, Jarbas José dos Santos Domingos.

Angra dos Reis

Os eleitores de Angra dos Reis elegeram os cinco conselheiros tutelares e os cinco suplentes que, de 2020 a 2023, atuarão na garantia e defesa dos direitos das crianças e adolescentes do município. Os nomes dos cinco candidatos eleitos: Dalcir-Baraco com 1.772 votos; Marcelo Ensá com 1.466 votos; Espedito com 1.452 votos; Erika Thimoteo com 1.412 votos; e Argentino, reeleito com 1.395 votos. Na suplência ficaram Fabiano Alves com 1.349 votos; Zé Capoeira com 1.290 votos; Antônio Escoteiro com 1.186 votos; Flávia Praxedes com 1.095 votos e Mariazinha com 1.090 votos.
Ao todo, compareceram aos 14 locais de votação espalhados pelo município, que abrigaram as urnas referentes às diversas seções da 116ª e 147ª zona eleitoral, 12.901 eleitores, que puderam votar em até cinco candidatos. Foram contabilizados 15 votos brancos, 404 votos nulos e 46.834 votos válidos, ou seja, um total de 47.253 votos.
Sessenta e cinco candidatos participaram da disputa, que foi coordenada pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente e pela Comissão de Escolha dos membros do Conselho Tutelar, com o apoio da prefeitura de Angra, e da secretaria de Desenvolvimento Social e Promoção da Cidadania.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Um comentário

  1. Avatar

    Uma cidade com a quantidade de eleitores como volta Redonda deveria exigir o min o de 1000 votos pra se eleger um candidato,isso prova que esses candidatos não representam a população,não fizeram nada pra se elegerem apenas más campanhas .

Untitled Document